Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1496
Title: Estudo sobre acetilação da isoniazida em pacientes com tuberculose pulmonar e da sua implicação na redução ou eliminação da carga bacilar no escarro
metadata.dc.creator: Chiabai, Maria José
Issue Date: 2013
Abstract: A N-acetiltransferase 2 é a principal enzima responsável pelo metabolismo e inativação da isoniazida no organismo humano. Mutações no gene NAT2 levam a 3 perfis genotípicos de acetilação que alteram os níveis séricos do fármaco: acetiladores lentos, intermediários e rápidos, o que pode alterar o desfecho terapêutico. O objetivo do estudo foi investigar se os diferentes perfis podem influenciar no tempo de negativação da cultura de escarro, e se existe correlação entre carga bacilar e gravidade da doença com tempo de conversão da cultura. A população de estudo foi composta por 62 pacientes, que tiveram seus DNAs sequenciados para identificação de mutações no gene NAT2 e seus perfis de acetilação determinados. A análise genotípica detectou 10 SNPs, sendo as mutações 341 T>C (39,65%) e 481 C>T (38,71%) as mais frequentes. A determinação das variantes alélicas identificou NAT2*5B (29,03%), NAT2*6A (23,39%) e NAT2*4 (24,19%) como os alelos mais frequentes e NAT2*5B/*5B como o genótipo mais frequente (20,4%). Dentre os 62 pacientes, foi possível correlacionar tempo de negativação da cultura e perfil de acetilação entre 43 deles, os quais 58,3% e 55,6% tiveram o genótipo lento com maior frequência no mês 1 e mês 3, respectivamente. Por meio de dados microbiológicos, a carga bacilar e a gravidade da doença também foram comparadas com o tempo de negativação, indicando que os pacientes com doença moderada ou avançada (76,7%) e aqueles com carga bacilar alta (60,4%), não tiveram associação estatística com o tempo de conversão da cultura. Por último, curvas de crescimento de isolados de M. tuberculosis de pacientes foram construídas para verificar possíveis diferenças na duração da fase lag entre os isolados, porém não foi observada diferença estatística entre elas. Com base nos resultados encontrados, verifica-se que não existe associação entre o perfil de acetilação do paciente, a carga bacilar, a gravidade da doença e o tempo de negativação da cultura de escarro
N-acetyltransferase 2 is the main enzyme responsible for the metabolism and inactivation of isoniazid in humans. Mutations in the gene NAT2 lead to 3 profiles of acetylation genotype that modify serum levels of the drug: slow acetylators, intermediate and fast, which can change the therapeutic outcome. The aim of the study was to investigate whether different profiles can influence the time of negativation sputum culture, and if there is a correlation between bacterial load and disease severity with time to culture conversion. The study population comprised 62 patients who had their DNAs sequenced for identification of mutations in the gene NAT2 and to determine the acetylation. Genotypic analysis detected 10 SNPs, and SNPs 341 T>C (39.65%) and 481 C>T (38.71%) were the most frequent. The determination of allelic variants identified NAT2*5B (29.03%), NAT2*6A (23.39%) and NAT2*4 (24.19%) as alleles more frequent and NAT2*5B/5B as the most frequent genotype (20.4%). Among 62 patients, it was possible to correlate time of negative culture and acetylation profile of 43 them, which 58.3% and 55.6% had genotype slow with greater frequency in month 1 and months 3, respectively. Through microbiological data, the bacterial load and severity of disease were also compared with the time of negativation, indicating that patients with moderate or advanced disease (76.7%) and those with high bacterial load (60.4%) had no statistical association with the conversion time of culture. Finally, growth curves of strains of M. tuberculosis of patients were constructed to evaluate possible differences in the duration of the lag phase between the isolates, but there was no statistical difference between them. Based on these results, it is found that there is no association between the profile acetylation of the patient, bacterial load and the severity of the illness and the time of negative sputum cultures
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1496
Appears in Collections:PPGDI - Dissertações de mestrado



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons