Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1500
Title: Ciclo de vida empresarial e qualidade da informação contábil das companhias abertas brasileiras
metadata.dc.creator: Costa, Wando Belffi da
Issue Date: 12-May-2015
Abstract: Esta dissertação busca identificar se os diferentes Estágios de Ciclo de Vida (ECVs) estão relacionados com a qualidade da informação contábil nas empresas brasileiras. Segundo pesquisas internacionais, os diferentes ECVs influenciam a qualidade da informação contábil. Aqui, foram empregadas as métricas de relevância, tempestividade e conservadorismo, de maneira semelhante às utilizadas por Lopes (2009) para verificar a qualidade da informação contábil. Para identificar os Estágios de Ciclo de Vida, foi utilizada a forma de identificação orgânica elaborada por Dickinson (2011), fundamentada nos sinais dos fluxos de caixa da empresa. A amostra deste trabalho é composta por empresas brasileiras que negociaram ações na BM&FBovespa, no período de 2008 à 2013, sendo excluídas as empresas do setor financeiro. O total de empresas que compõem a amostra é de 330, sendo 1.163 observações para o modelo de relevância, 1.163 para o modelo de tempestividade e 1.167 observações para o modelo de conservadorismo. Para verificar os efeitos dos ECVs na qualidade da informação contábil foram utilizados dados em painel desbalanceado e regressões robustas, com a correção de White, identificando os ECVs através de dummies. Os resultados encontrados indicam que os ECVs afetam a qualidade da informação contábil e que nos estágios de Crescimento e Maturidade as informações contábeis apresentam maior relevância e tempestividade. Não foi possível identificar os efeitos dos diferentes ECVs no conservadorismo, pois as variáveis de interesse não foram estatisticamente significantes.
This dissertation aims to identify whether the several life cycle stages (LCS) are related to the quality of accounting information in Brazilian companies. According to international research, those stages influence the quality of accounting information. The relevance, timing and conservatism metrics were apllied similar to the way used by Lopes (2009) to check the quality of accounting information. To identify the life cycle stages, it was used the organic identification elaborated by Dickinson (2011), wherein signals from the company cash flows are used to identify which lifecycle stage is the company in. The sample of this study consists in Brazilian publicly traded firms on the BM&FBovespa from 2008 to 2013. Although financial firms were excluded from the sample. The total amount of firms investigated was 330, summing up a total of 1,163 observations for the relevance model, 1,163 for the timing model and 1.167 observations for the conservatism model. In order to verify the effects of LCS in the quality of accounting information it was used an unbalanced panel data, robust regression with White correction, identifying LCS by means of dummies. The results indicate that the LCS affects the quality of accounting information and the stages of growth and maturity in the financial statements have greater relevance and timeliness. This study was not able to identify the effects of the stages LC in conservatism, since the variables of interest were not statistically significant.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1500
Appears in Collections:PPGCON - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8675_Dissertação Wando PDF.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons