Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1526
Title: Pessoas em situação de rua e seus cães : fragmentos de união em histórias de fragmentação
metadata.dc.creator: Cunha, Juliana Gomes da
Keywords: Redes de relações sociais;Pessoas desabrigadas;Animais de estimação;Cão
Issue Date: 2015
Abstract: O interesse pelo relacionamento entre humanos e cães tem sido crescentemente refletido em produções científicas, apesar destas ainda se mostrarem incipientes no contexto latino-americano, e, por conseguinte, no brasileiro. Nestes termos, quando se toma como foco o relacionamento específico entre cães e pessoas em situação de rua, a incipiência se mostra ainda mais notória, apesar de se tratar de fenômeno que abarca questões interessantes, tanto de cunho individual quanto social e de políticas públicas. Diante disto, a realização do presente estudo se justificou por contribuir com a elucidação da temática, haja vista que teve por objetivo geral: investigar, apontar e compreender relacionamentos estabelecidos por pares que se caracterizem por pertencerem às espécies em questão e por fazerem das ruas espaços para estabelecimento de suas rotinas. Sendo estes critérios de seleção de participantes somados a idade mínima de 18 anos, foram entrevistadas 12 pessoas que nas ocasiões se encontravam em logradouros públicos dos municípios de Vitória, Serra e Vila Velha. Para guiar as entrevistas, foi utilizado roteiro semiestruturado com o intuito de coletar: dados sociais e econômicos dos participantes; conhecer aspectos dos relacionamentos interpessoais dos participantes; acessar relatos que dissessem respeito a partes das histórias de vida de moradores de rua que envolvessem relacionamento com cães; e por fim, recolher informações acerca do uso de serviços de assistência à população de rua, seja na presença ou na ausência do(s) cão(es). Em adição, foram utilizados dados provenientes de conversa informal e voluntária entre a pesquisadora e três funcionárias do Serviço Especializado em Abordagem Social do município de Vitória. A partir daí, os dados coletados foram organizados em cinco grandes itens, nos quais foram detalhadamente analisados e discutidos. Estes itens são: Caracterização sociodemográfica e econômica dos participantes; Caracterização geral dos relacionamentos; Concepções dos participantes acerca dos cães em suas vidas; Repercussões individuais e sociais do relacionamento; e “Sobre pessoas em situação de rua e cães: o "último vínculo"?”. Diante da análise destes, então, tornou-se possível inferir que o relacionamento entre humanos e cães, apesar de manter semelhanças que, por vezes, fazem com que sejam comparados ou equiparados a amizades ou a relacionamentos familiares, se trata de um tipo a parte. Além disto, quando o humano do par homem-cão se encontra em situação de rua, algumas peculiaridades se fazem bastante evidentes, dentre as quais a dificuldade de afastamento do animal, quando em situações momentâneas (por exemplo, em ocasiões de deslocamentos pelas cidades) ou duradouras (como quando por motivos de idas a instituições de abrigamento), em que não é possível tê-lo junto. Por fim, aponta-se como ponderável a recorrente colocação de que o cão seria o único e/ou último vínculo da pessoa em situação de rua com que convive, já que não raramente os participantes mencionaram rearranjos relacionais com humanos posteriores ao início da situação em questão.
Interest in the relationship between humans and dogs has been increasingly reflected in scientific production, although researches are still insufficient in the Latin American context, and therefore in Brazil. Accordingly, when focusing on the specific relationship between dogs and homeless persons, the insufficiency is even more apparent, even though it is a phenomenon that raises interesting issues of both individual and social nature and public policy. Therefore, this study is justified by its contribution to elucidate the issue, given that its overall objective was: to investigate, identify and understand relationships established by pairs of humans and dogs that have the streets as the main environment in which their routines are based on. These criteria were used for the selection of participants, besides a minimum age of 18 years, and the interviews were carry out with 12 people who were in public places of the cities of Vitória, Serra and Vila Velha. Open-ended questions and a semi-structured interview were used in order to: collect socioeconomic data of the participants; understand aspects of interpersonal relationships of participants; access stories about parts of the life stories of homeless involving relationship with dogs; and finally, gathering information about the use of support services to the homeless population, either in the presence or absence of dogs. In addition, data from informal and voluntary conversation between the researcher and three employees of Specialized Social Approach of the city of Vitória was used. Then, the data collected was divided into five major items, which were thoroughly analyzed and discussed. These items are: Socio-demographic and economic characterization of the participants; General characterization of relationships; Views of participants about the dogs in their lives; Individual and social repercussions of the relationship; and "About homeless and dogs: the" last bond"?". After the analysis it was possible to conclude that the relationship between humans and dogs, despite maintaining similarities that sometimes cause them to be compared or equated with friendships or family relationships, is of a different kind. Furthermore, when the human in the human-dog pair is homeless, some peculiarities are quite obvious, such as difficulty of animal separation, whether momentary (e.g. when they wander through the cities) or lasting (e.g. when they go to homeless shelters); when it is not possible to take the animal along with them. At last, it is important to highlight the statement that the dog may be the only and/or last bond that the homeless person maintains, considering that some participantes mentioned rearrangements in their relathionships after they began living in the streets.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1526
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pessoas em situacao de rua e seus caes fragmentos de uniao em historias de fragmentacao.pdfTexto completo1.28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons