Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1539
Title: Educação, formação humana e tecnologia : diálogos com o homem unidimensional de Marcuse
metadata.dc.creator: Verdin, Alessandra Martins dos Santos
Keywords: Marcuse, Herbert, 1898-1979;Cultura;Internet;Teoria crítica – Educação
Issue Date: 2015
Abstract: Esta dissertação se insere no âmbito da pesquisa teórica, no campo dos fundamentos filosóficos da educação crítica. O problema da pesquisa diz respeito aos desafios que os conceitos de tecnologia e cultura, presentes nas reflexões de Herbert Marcuse, oferecem para a teoria crítica da educação na atualidade. A reflexão gira em torno dos processos formativos a partir de sua relação com a tecnologia, especificamente com a Internet. Parte da fundamentação filosófica de Herbert Marcuse, sobre os conceitos de cultura e tecnologia presentes no livro One-Dimensional Man e nos ensaios Sobre o caráter afirmativo da cultura e Comentários para uma redefinição do conceito de cultura. A hipótese é que os conceitos desenvolvidos pelo autor – em diálogo com fenômenos socialmente constituídos bem como com os emergentes – caminham a contrapelo da lógica da racionalidade técnico-instrumental hegemônica. Toma como ponto de partida a revisão teórica cujo resultado revela a atualidade e interesse pela temática no campo educacional e também constata a incipiência de trabalhos a partir da filosofia crítica de Marcuse, tanto em fontes nacionais quanto em internacionais. Pela análise crítica dos trabalhos acessados infere-se que mediada pela Internet a tecnologia também pode causar a utilização de formas empobrecidas e reduzidas dos modos de perceber e significar acontecimentos, relações, projeções e possibilidades, além de poder ser alterado o caráter da subjetivação por meio de processos de apropriação de indícios danificados de memória e cultura. Combinados às técnicas de propaganda e autopromoção, esses elementos corroboram a configuração e aplicação do projeto cognitivo para o sujeito unidimensional, confortavelmente rendido à lógica da sociedade que o produz. A potencialidade do uso de ferramentas tecnológicas livres do projeto da racionalidade técnico-instrumental que se sobrepõe à faceta sensível e amorosa da vida humana, típico do capitalismo tardio das sociedades industriais avançadas, pode reverter os movimentos de organização tecnológica intelectual e política, de conquista e manipulação do pensamento negativo, da consciência infeliz, de liberdades, necessidades, desejos, modos de administrar o tempo livre, de projeção de padrões de vida que em conjunto cerceiam movimentos para a transformação social
This work falls within the framework of theoretical research in the field of the philosophical foundations of critical education. The problem of research concerns the challenges that the concepts of technology and culture, present in the Herbert Marcuse‟s reflections, could provide to the critical theory of education today. The reflection revolves around the formation processes from their relationship with technology, specifically with Internet. Starts on Herbert Marcuse‟s philosophical foundation, on culture and technology concepts in the book One-Dimensional Man and in the articles About the culture’s affirmative character and Comments to a redefinition on the culture’s concept. The hypothesis is that the concepts developed by the author – in dialogue with socially constituted phenomena as well as emerging – go against the grain of the logic of hegemonic technical-instrumental rationality. Takes as its starting point the literature review whose results reveals the relevance and interest by this theme in the educational field and also notes the paucity of jobs from Marcuse‟s critical philosophy, both national as international sources. By the critical analysis of accessed works is possible to infer that technology, mediated by Internet, can also cause the use to impoverish and reduce ways to perceive and signify events, relationships, projections and possibilities, and can change the character of subjectivity through appropriation processes of damaged evidence of memory and culture. Combined with advertising and self-promotion techniques, these elements corroborates to configure and applicate the one-dimensional cognitive design inside people, comfortably surrendered to the society‟s logic that produces it. The potential use of technological tools free of technical-instrumental rationality design that overlaps the sensitive and loving facet of human life – typical of late capitalism of advanced industrial societies –, can reverse the movement of intellectual technological and political organization, of conquest and manipulation of negative thinking, the unhappy consciousness, freedoms, needs, desires, ways of managing free time, projection living standards which together curtail movements to social change
Description: CAPES
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1539
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Educacao formacao humana e tecnologia dialogos com o homem unidimensional de Marcuse.pdfTexto completo3.48 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons