Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1546
Title: O pedagogo no contexto da inclusão escolar : possibilidades de ação na escola comum
metadata.dc.creator: Pattuzzo, Karolini Galimberti
Issue Date: 2014
Abstract: Este estudo busca investigar as possibilidades de ações articuladas pelo pedagogo, em colaboração com os demais profissionais da escola, visando ao processo de inclusão escolar dos alunos público-alvo da Educação Especial, no Ensino Fundamental. Utiliza três frentes de trabalho, desenvolvidas simultaneamente, por se complementarem. São elas: observação-participante do cotidiano escolar; problematização de tensões, de práticas pedagógicas vivenciadas e da escolarização de alunos público-alvo da Educação Especial, instituindo, assim, espaços de "diálogos formação", momentos com o coletivo da escola e momentos com a pedagoga; processos de ações colaborativas para implementação de práticas pedagógicas que efetivem o acesso ao conhecimento a todos os alunos. O estudo foi desenvolvido em uma escola municipal de Ensino Fundamental, com o público de 1º ao 5º ano, envolvendo a equipe gestora (pedagoga, coordenadora e diretores), os dez professores regentes, dois professores de área, duas professoras de Educação Especial, além dos educandos, ganhando destaque três alunos público-alvo da Educação Especial. Adota a pesquisa-ação colaborativo-crítica como aporte metodológico e, como instrumentos de coleta de dados, utiliza a observação-participante, diário de campo, realizamos entrevistas semiestruturadas e processos de intervenção coletiva. A pesquisa se efetivou no período de julho a dezembro de 2013. A pesquisadora esteve três a quatro vezes por semana na escola, participando das intervenções em sala de aula, dos espaços para planejamento e formação continuada e também dos momentos de entrada, recreio e saída dos alunos. Esta pesquisa conta com as contribuições teóricas de Paulo Freire e Philippe Meirieu para fundamentar as questões evidenciadas no estudo, além de interlocuções com pesquisadores da área da Educação Especial. Como resultados, evidencia o processo de colaboração, envolvendo a pedagoga e os profissionais da escola, vislumbrando assim, novas possibilidades de organização do trabalho pedagógico, das práticas docentes e do currículo escolar de forma a favorecer a participação dos alunos público-alvo da Educação Especial nas ações planejadas e desenvolvidas pela escola, que também oportunizou aos alunos ditos "normais" o acesso ao conhecimento. Problematiza a importância da formação, como espaço de diálogo coletivo na escola e reconhece que a escola, como espaço educativo, se transforma em lugar de aprendizagens, não somente para os alunos, mas também para os profissionais que lá atuam. Enfoca que o profissional que exerce a função de pedagogo, se constitui como um profissional importante para mediar as questões pedagógicas da escola. Porém, reforça que sua atuação de forma isolada terá menor contribuição para a escola, pois o trabalho pedagógico voltado para a aprendizagem de todos os alunos deve se constituir como um trabalho coletivo e, sendo assim, acontecerá nas relações entre os diferentes profissionais da escola, mediado, pelo pedagogo, o profissional responsável por coordenar as práticas pedagógicas.
This study aims at investigating the possible collaborative actions to be carried out by pedagogues and other school professionals in order to achieve school inclusion of special education students in elementary school. We adopted three study fronts carried out simultaneously because they complete each other. They were: Participant-observation of school everyday life; questioning of conflicts, the pedagogical practice experienced, and schooling of special education students, which provided space for “training dialogues”, sometimes with the school group and sometimes with the pedagogue; and collaborative processes to implement pedagogical practices that actually provide all students with access to knowledge. The study was carried out in a public municipal elementary school, with students from 1st to 5th grade, involving the managing team (pedagogue, coordinator and principals), the ten head teachers, two area teachers, two special education teachers, and students, spotlighting three special education students. We adopted collaborative critical action research for methodological support and daily participant-observation for data gathering. We carried out semistructured interviews and collective intervention processes. The study took place between July and December 2013. The researcher visited the school three or four times a week and participated in classroom interventions, planning and continuing education, as well as during start, break, and finish times. We relied on theoretical contributions by Paulo Freire and Philippe Meirieu to ground questions found during the study, as well as dialogues in special education researchers. As results, we point at the collaboration process involving the pedagogue and other school professionals as a means to achieve new possibilities of pedagogical organization, teaching practices, and school curriculum to favor special education student participation in the actions planned and performed by school. This also allowed the so-called "normal" students to have access to knowledge. We questioned the importance of professional education as space for dialoguing in the school. We then acknowledge that the school, as educational space, becomes a place for learning, not only for students, but also for professionals working there. We maintain that the pedagogue position is highly important to mediate relevant questions in schools. However, we stress that their isolated operation will have lower contribution to the school, because pedagogical work focusing on overall learning should be a collaborative task — taking place in the relationship between different professionals in the school, but mediated by the pedagogue.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1546
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O pedagogo no contexto da inclusão escolar possibilidades de ação na escola comum.pdf1.96 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons