Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1648
Title: Avaliação da Contaminação das Areias de Praia do Litoral do Espírito Santo por Elementos-traço
metadata.dc.creator: Sousa, Rafael Mantovaneli
Keywords: Areia - contaminação;Elementos traços;ICP OES;Otimização multivariada;F AAS;Contaminação química;Areia de praia
Issue Date: 2015
Abstract: O Estado do Espírito Santo possui um litoral com grande potencial turístico, graças às belezas naturais de suas praias. Estas são amplamente utilizadas para fins recreativos. Devido ao uso e ocupação da região costeira, este ambiente se encontra sujeito à contaminação de origem química e biológica de suas areias, trazendo riscos à população, que utiliza este espaço como área de lazer, e ao meio ambiente, podendo gerar danos à biota local. O presente estudo tem como objetivo a quantificação de Co, Cr, Cu, Ni, Pb, V, Zn, Fe e Mn em areia de praia, verificando alterações nas concentrações desses elementos traço de acordo com variações sazonais. Foram realizadas quatro campanhas amostrais em quatro praias da região metropolitana do Espírito Santo, sendo duas campanhas em período de estação seca e duas em período estação chuvosa. Para cada região amostral foram coletadas amostras antes e após passagem de frente fria. As amostras foram coletadas na crista da berma e na face da praia. Em cada coleta de amostra foram feitos levantamentos topográficos, para a verificação de alterações nos perfis das praias ao longo das campanhas. Também foi realizado estudo da distribuição granulométrica nas amostras de areia de praia. As amostras de areia foram digeridas utilizando forno com radiação por micro-ondas, empregado 12,0 mL de uma mistura ácida nítrico-fluorídrica (3:1), com um programa de digestão adaptado do método US EPA 3052 (1996). Foram determinados Co, Cr, Cu, Ni, Pb, V e Zn por ICP OES e Fe e Mn por F AAS. A exatidão dos métodos de determinação foram avaliadas através da análise de material de referência certificado (NIST 2702) e do estudo de recuperação (72-123%). Os limites de quantificação encontrados, em mg kg-1, foram: 0,55 para Co, 2,45 para Cr, 0,36 para Cu , 2,08 para Ni, 0,85 para Pb, 3,26 para V, 0,39 para Zn, 0,57 para Fe e 0,23 para Mn. As faixas de concentração dos analitos em mµforam: <LQ – 34,85 para Co, <LQ – 26,99 para Cr, <LQ – 34,36 para Cu, <LQ - 44 75 para Ni, <LQ – 31,92 para Pb, <LQ – 92,03 para V, <LQ – 84,51para Zn, < LQ – 1768 para Fe e <LQ – 4428 para Mn. Os resultados da quantificação dos elementos traço em areia das praias indicaram que a maioria dos analitos está presente nas areias, sendo que alguns em concentrações elevadas. Estudos de correlação de Pearson foram realizados para avaliar o perfil e distribuição dos elementos traço ao longo das campanhas amostrais com as variações topográficas das estações de coleta. Para alguns analitos foi observado que alterações climáticas e sazonais exercem influência em suas concentrações, aumentando ou diminuindo, indicando que o transporte de sedimentos está correlacionado distribuição desses elementos. Comparando os resultados obtidos com de outros trabalhos contidos na literatura, observou-se que as praias do litoral do Espírito Santo apresentaram concentrações próximas para boa parte dos analitos, podendo ser um indicativo de contaminação.
The state of Espírito Santo has a big touristic potential in its coast, thanks to the natural beauty in its beaches. Which are widely used for recreation. Due to the use and the occupation of the coastal region, this environment is subject to chemical and biological contamination of the sand, bringing risks to population that uses this space as recreational area, and to environment, which may harm the local biota. This present study aims to quantify Co, Cr, Ni, Pb, V, Zn, Fe and Mn in beach sand, verifying alterations in the concentration of these trace elements due to seasonal variations. Four sample campaigns have been carried out in four beaches in the metropolitan region of Espírito Santo, where two campaigns were in dry season and two in rainy season. For each season samples were collected before and after the cold front. Samples were collected from the kerb crest and from the beach face. In each sampling, topographic surveys were carried out to verify the changes in beach profiles during the campaign. A study of size distribution in beach sand samples was also carried out. Sand samples were digested with microwave oven, using 12,0 mL of a nitric-fluoride acid mixture (3:1), with a digestion program adapted to the method US EPA 3052 (1996). Co, Cr, Cu, Ni, Pb, V e Zn were determined by ICP OES and Fe and Mn by F AAS. Determination method accuracy was analyzed through certified standard material analysis (NIST 2702) and recuperation study (72-123%). The found quantification limits, in mg kg-1, were: 0,55 for Co, 2,45 for Cr, 0,36 for Cu, 2,08 for Ni, 0,85 for Pb, 3,26 for V, 0,39 for Zn, 0,57 for Fe and 0,23 for Mn. Analytes concentration range in mµ were: <LQ – 34,85 for Co, <LQ – 26,99 for Cr, <LQ – 34,36 for Cu, <LQ – 44,75 for Ni, <LQ – 31,92 for Pb, <LQ – 92,03 for V, <LQ – 84,51 for Zn, <LQ – 1768 for Fe and <LQ – 4428 for Mn. Quantification results of trace elements in beach sand indicates that majority of analytes are present in the sand, some of them in high concentrations. Pearson correlation studies were carried out to evaluate the profile and distribution of trace elements throughout the sampling campaigns with topographic surveys of the collection season. Was observed that, for some analytes, climate and seasonal changes influences in its concentrations, increasing or decreasing, indicating that sediment transportation relates to these elements distribution. Comparing our results with other works in literature, it was observed that the Espírito Santo coast beaches have higher concentrations of most analytes, which could be indicative of contamination.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1648
Appears in Collections:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliacao da contaminacao das areias de praia do litoral do Espírito Santo por elementos traco.pdfTexto completo3.44 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons