Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1651
Title: Avaliação da resistência à corrosão de revestimentos da liga UNS N06625 depositados pelo processo PTA-P
metadata.dc.creator: Santos, Ana Claudia dos
Keywords: Ligas de niquel;Corrosão;Materiais resistentes a corrosão;Revestimentos;Soldagem;Diluição;UNS N006625;Intergranular;Pite
Issue Date: 2015
Abstract: A busca por materiais versáteis que associem elevada resistência à corrosão em ambientes severos e propriedades mecânicas, a fim de atender as mais exigentes condições de serviço tornou-se um desafio para a indústria petroquímica, termoelétrica, naval, dentre outras. Neste contexto, a soldagem de revestimento com ligas à base de níquel se torna uma interessante opção para a construção e o reparo de equipamentos para aplicações em ambiente de corrosão severa, permitindo alcançar as características desejadas, com significativa redução de custos. Em determinadas aplicações a alta diluição dos revestimentos deve ser controlada devido aos altos teores de ferro alcançados. O objetivo deste trabalho foi avaliar a corrosão intergranular e corrosão por pite de revestimentos da liga UNS N06625, com diferentes teores de diluições, depositados pela técnica Plasma com Arco Transferido Alimentado com Pó (PTA-P) sobre um substrato de aço carbono ASTM A36. Com a avaliação e caracterização do Inconel 625 buscou-se compreender o impacto da diluição na microestrutura, propriedades e no revestimento produzido. Foram realizadas análises das propriedades mecânicas dos revestimentos por meio de ensaios de microdureza. A caracterização microestrutural consistiu de análises de microscopia ótica, Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e análise de composição química por EDS. Ensaios de reativação eletroquímica potenciodinâmica de duplo ciclo (DL-EPR) e polarização potenciodinâmica cíclica foram realizados para avaliar a resistência à corrosão intergranular e por pite, respectivamente. Através deste trabalho foi possível observar que a diferença de diluição influencia de forma suave na microdureza do revestimento. As microestruturas dos revestimentos apresentaram matriz γ com fases secundárias interdendríticas. Os revestimentos não apresentaram corrosão intergranular nas condições ensaiadas e a susceptibilidade da corrosão por pite somente pôde ser avaliada através da histerese apresentada pelas curvas de polarização.
The search for versatile materials that associate high corrosion resistance and high mechanical properties in severe environments, in order to meet the more demanding operational conditions has become a challenge for the petrochemical, thermoelectric, naval and other industries. In this context, weld overlay with nickel-based alloys becomes an interesting option for construction and repair of equipments for applications in severe corrosion environments, allowing to achieve the desired characteristics with significant cost reduction. In specific applications the high overlay dilution must be controlled due to high iron content encountered. The objective of this work is to evaluate the intergranular and pitting corrosion of the alloy UNS N06625, with different dilution values, deposited through Plasma Transferred Arc with Powder (PTA-P) welding technique on an ASTM A36 carbon steel substrate. With the evaluation and characterization of the alloy UNS N06625 aimed the comprehension of the dilution effect on the coating microstructure and properties. The mechanical properties tests were analyzed through microhardness tests. The microstructural characterization consisted of analyses with the optical microscope, with the Scanning Electron Microscope (SEM) and chemical composition with the EDS module. Double-Loop Electrochemical Potentiokinetic Reactivation Test (DL-EPR) and Cyclic Potentiodynamic Polarization tests were done to evaluate intergranular and pitting corrosion resistance, respectively. With this work it was possible to observe that the dilution difference influences in a smooth way in the coating microhardness. The microstructures presented aγ matrix with secondary interdendritic phases. The coatings did not present intergranular corrosion in the test conditions and the pitting corrosion susceptibility was able to be evaluated only through the hysteresis presented in the polarization curves.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1651
Appears in Collections:PPGEM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliacao da resistencia a corrosao de revestimentos da liga UNS N06625 depositados pelo processo PTA P.pdfTexto completo6.02 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons