Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1665
Title: Ethos discursivo e gênero canção : a construção das imagens de si e do outro nas canções de os afro-sambas
metadata.dc.creator: Nogueira, Mayara de Oliveira
Keywords: Moraes, Vinicius de, 1913-1980. Os afro-sambas;Powell, Baden, 1937-2000. Os afro-sambas;Análise do discurso;Música popular - Brasil;Canções;Ethos;Os afro-sambas;Gênero canção;Interdiscurso;Cenas enunciativas;Ethos discursivo
Issue Date: 2013
Abstract: A presente dissertação tenciona discutir a constituição do ethos discursivo, relacionado às cenas de enunciação e ao interdiscurso, em oito “afro-sambas” pertencentes ao LP homônimo, fruto da parceria firmada entre Vinícius de Moraes e Baden Powell na década de 1960. Tais canções apresentam em comum o culto a entidades místicas vinculadas às religiões de matriz africana e, de modo bem particular, tematizam o amor e a tristeza, em diversas nuances. Para tanto, o paradigma em que nos sustemos é o da Análise do Discurso de vertente francesa, notadamente a partir de suas novas tendências, numa abordagem alinhada a de Dominique Maingueneau (1997, 2005, 2008). Optamos por tal arcabouço teórico pelo fato de tal disciplina corresponder a uma metodologia de se estudar o discurso que leva em conta as condições sócio-históricas que o possibilita, postulado basilar da presente pesquisa, a qual tem por objetivo principal: observar o modo como o ethos/os ethé são construídos; analisa as canções do LP de 1966 compostas pelos músicos, tendo por base as noções de interdiscurso, cenas enunciativas e ethos discursivo. Oportuno ressaltar que, muito embora as análises levem em conta a dimensão musical como elemento significante na constituição do ethos, seu enfoque privilegiou a dimensão verbal. Partindo da análise de cada afro-samba, os resultados da pesquisa apontaram para a construção de imagens projetadas no discurso vinculadas tanto ao universo cultural/diaspórico do negro quanto ao universo amoroso tipicamente viniciano. Considerando os indícios interdiscursivos pôde-se notar que os afro-sambas foram construídos a partir da existência e reconhecimento do Outro. Por outro lado, as cenas de enunciação criadas apresentam como campo discursivo privilegiado o domínio religioso a partir de uma experiência vivida amorosa-sensual, cujo tom lastimoso colaborou para a construção de um enunciador tristonho, melancólico, sentimental.
This dissertation aims to discuss the constitution of the discursive ethos, relating that to the enunciation scenes and to the interdiscourse, in eight “afrosambas” which belong to the LP of the same name, as a result of the partnership between Vinícius de Moraes and Baden Powell in the 1960s. Such songs present in common the cult of mystical entities related to the religions of African roots, and, in particular way, they display love, sadness in different features. In order to do so, the paradigm in which we are sustained is the one of the French Discourse Analysis, in an approach which is aligned with the Mainguenau’s one (1977, 2005, 2007). We decided to work with this theoretical framework in that such approach corresponds to a methodology of studying the discourse which considers the socio-historical conditions which made it possible, the baseline premise of the present research, which has as a main objective: observe how the ethos/ ethés are built; analyze the songs of the 1996 LP composed by the musicians, having the notions of interdiscourse, enunciation scenes and discursive ethos as the basis of the analysis. From the analysis of each afro- samba, the results point to a construction of images shed in the discourse closely linked not only to the cultural/ diasporic universe of the black people but also to the loving universe typically from Vinícius de Moraes. Considering the interdiscursive signs, it is possible to realize that the afrosambas were built from the existence and the recognition of the Other. On the other hand, the enunciation scenes which were built present as a privileged discourse field the religious domain from an loving sensual experience, whose pitiful tone contributed to the construction of a sad, melancholic, sentimental enunciator.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1665
Appears in Collections:PPGEL - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ETHOS DISCURSIVO E GÊNERO CANÇÃO A.pdf989.07 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons