Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1674
Title: Os usos e os atravessamentos do cineclube (e do cinema) na tessitura dos currículos em redes nos cotidianos
metadata.dc.creator: Cazé, Bárbara Maia Cerqueira
Keywords: Cinema – Educação;Cotidiano escolar – Pesquisa;Ensino médio;Redes – Educação;Cineclube;Pesquisa com os cotidianos;Currículos em redes
Issue Date: 2015
Abstract: Este trabalho investiga os usos e os atravessamentos do cineclube (e do cinema) na tessitura dos currículos em redes nos cotidianos de uma escola pública estadual de ensino médio do estado do Espírito Santo. Utilizamos como referencial teórico-metodológico as pesquisas nos/ dos/ com os cotidianos (ALVES, 2008a, 2008b; FERRAÇO, 2002, 2003; OLIVEIRA, 2012) num exercício intenso de viver, ouvir, sentir gostos, cheiros, percebendo a dinâmica da tessitura das redes cotidianas na qual estamos todos envolvidos. Uma pesquisa que não está determinada a priori, ao contrário, foi sendo tecida a partir dos itinerários percorridos, das curvas, dos tropeços, das vicissitudes, dos entrecruzamentos das redes. Para a produção dos dados de pesquisa utilizamos as conversas (LARROSA, 2003; CERTEAU, 1994) produzidas após as sessões de exibição do cineclube Nome Provisório, no período de junho a dezembro de 2014. Acompanhamos as sessões dos filmes: Narradores de Javé, Quanto vale ou é por quilo?, Madame satã, O veneno está na mesa e Raspage; e nos permitimos emaranhar pela tessitura do currículo e dos muitos fios em composição com a escola. Percebemos que o cineclube funciona como um profícuo espaçotempo de aprendizagem e, principalmente, um importante canal de conversas e encontros entre a comunidade.
This study inquires on usages and crossings of film society (and cinema) on the fabrics of network curriculum in the everyday life of a state managed public high school in Espírito Santo. We adopt theoretical-methodological references such as researches in/ of/ with everyday life (ALVES, 2008a, 2008b; FERRAÇO, 2002, 2003; OLIVEIRA, 2012), in a intense exercise of living, hearing, feeling tastes and smells, experiencing the dynamics of the fabrics of everyday life networks in which all of us are involved. A research that was not defined a priori, on the contrary, it has woven within itineraries, curves, stumblings, vicissitudes and the interlacing of networks. Production of research data was based on conversation (LARROSA, 2003; CERTEAU, 1994) produced after cinema sessions at film society Nome Provisório, from June to December 2014. We have attended to the projections of the films: Narradores de Javé, Quanto vale ou é por quilo?, Madame satã, O veneno está na mesa e Raspage; and we left ourselves intertwine throughout the fabrics of curriculum and the several lines that go along with the school. We concluded that film society operates as a profitable space-time of learning and, mostly, an important dimension of dialogue and community gathering.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1674
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OS USOS E OS ATRAVESSAMENTOS DO CINECLUBE (E DO CINEMA) NA.pdf6.7 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons