Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1832
Title: Relação zinco cobre em dietas de codornas japonesas em postura
metadata.dc.creator: Ferreira, Bibliana da Costa
Keywords: Ave;Minerais;Produção;Nutrição animal;Ovos;Codornas japonesas
Issue Date: 16-Jul-2015
Abstract: Objetivou- se verificar o efeito da suplementação de diferentes relações de zinco orgânico e do cobre inorgânico e também comparar os resultados com a dieta controle de codornas japonesas na fase de postura sobre o desempenho produtivo e qualidade dos ovos. Foram realizados dois experimentos simultâneos na área experimental da Universidade Federal do Espírito Santo, o primeiro uma regressão estatística, onde variou os níveis de zinco orgânico (35, 50, 65 e 80 mg/kg de ração) e manteve os níveis de cobre recomendados de 5mg/kg de ração, sendo quatro tratamentos e 320 codornas japonesas distribuídas ao acaso, no segundo ensaio em arranjo fatorial 3x2+1 com três níveis de zinco orgânico (35, 50 e 65 mg/kg) e dois níveis de cobre inorgânico (3,5 e 5 mg/kg) e uma dieta controle (50 e 5 mg/kg zinco e cobre inorgânicos respectivamente), com sete tratamentos, ambos experimentos com dez repetições e oito animais por unidade experimental. A ração basal foi formulada a base de milho e farelo de soja. A duração do período experimental foi de 84 dias divididos em 4 períodos de 21 dias. Sendo que ocorreu de dezembro de 2013 a março de 2014. Foram usadas cinco pré-misturas minerais e a base delas era composta por selenito de sódio, sulfato de manganês, iodato de cálcio, sulfato ferroso e sulfato de cobre, nos tratamentos com zinco orgânico tinha o proteinato de zinco (16% de zinco) e na dieta controle o óxido de zinco como fonte de zinco. As variáveis analisadas foram consumo de ração, taxa de postura, peso médio do ovo, massa dos ovos, conversão alimentar por massa do ovo e por dúzia de ovos, peso relativo e absoluto da gema, do albúmen e da casca, além da unidade Haugh. Observa-se no primeiro ensaio que os parâmetros avaliados não foram afetados de forma significativa pelas diferentes relações de minerais orgânicos e inorgânicos, exceto para peso relativo e absoluto da casca. No segundo ensaio não houve interação entre os níveis de zinco e de cobre, e nem entre estes e a dieta controle, para nenhum dos parâmetros analisados, mas analisando as médias de cada variável, observamos que houve diferença significativa para taxa de postura a relação ovos comerciais e totais, consumo de ração e na Unidade Haugh. Desta forma, pode-se concluir que a relação de 35 mg/kg de zinco orgânico e 3,5 mg/kg cobre inorgânico atenderam os parâmetros de desempenho e de qualidade de ovos de codornas japonesas em postura.
Aimed to verify the effect of supplementation of different relations zinc organic and inorganic copper and compare the results with the control diet of Japanese quails in laying phase on performance and egg quality. Two simultaneous experiments were performed in the experimental area of the Federal University of Espírito Santo, the first a statistical regression, which varied the organic zinc levels (35, 50, 65 and 80 mg / kg diet) and kept the recommended copper levels 5mg / kg diet, four treatments and 320 Japanese quail distributed randomly in the second test in factorial arrangement 3x2 + 1 with three levels of organic zinc (35, 50 and 65 mg / kg) and two inorganic copper levels (3 , 5:05 mg / kg) and a control diet (50 and 5 mg / kg inorganic zinc and copper respectively), with seven treatments, both experiments with ten repetitions and eight animals each. The basal diet was formulated based on corn and soybean meal. The duration of the experiment lasted 84 days divided into 4 periods of 21 days. Five full mineral premixes and the base of which was composed of sodium selenite, manganese sulfate, calcium iodate, ferrous sulfate and copper sulfate, treatments with organic zinc had zinc proteinate (16% zinc) and the control diet zinc oxide as a zinc source. The variables analyzed were feed intake, laying rate, average egg weight, egg mass, feed conversion per egg mass and per dozen eggs, relative and absolute gem, albumen and shell, in addition to the unit Haugh. It is observed in the first trial that evaluated parameters were not significantly affected by different ratios of organic and inorganic minerals, except for absolute and relative weight of the shell. In the second trial there was no interaction between the levels of zinc and copper, and not between them and the control diet, for any of the parameters analyzed, but when we look at the averages of each variable, we can observe a significant difference for the performance variables feed intake and egg production rate to commercial and total egg relationship and quality variable egg Haugh unit. Thus, it can be concluded that the relationship of 35 mg / kg of organic zinc and 3.5 mg / kg inorganic copper met the performance and quality parameters of Japanese quails eggs in posture.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1832
Appears in Collections:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO BIBLIANA 1 ARTIGO.pdf875.34 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons