Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1841
Title: Para além da flexibilização e precarização do trabalho : notas sobre a discussão do termo precarização do trabalho
metadata.dc.creator: Colombi, Bárbara Leite Pereira
Keywords: Capitalismo;Precarização do trabalho
Abstract: Essa dissertação está vinculada à linha de pesquisa um do mestrado em Política Social da Universidade Federal do Espírito Santo denominada: “Reprodução e estrutura do capitalismo contemporâneo”. Seu objetivo principal é analisar do que se trata o fenômeno da precarização do trabalho no sistema capitalista de produção. Para atingir tal objetivo dividimos o trabalho em três capítulos: o primeiro deles procurou identificar se historicamente o modo de produção capitalista, em sua essência, deixou em algum momento histórico de apresentar traços característicos de precariedade. Já o segundo identificou como os autores brasileiros contemporâneos têm definido a precarização do trabalho, no intuito de contextualizar o leitor acerca do debate e, por último, houve uma averiguação da existência ou não de similaridade entre o termo precarização do trabalho com a flexibilidade e intensificação do trabalho, com o intuito de demonstrar a peculiaridade do termo precarização do trabalho. A hipótese dessa pesquisa é a consideração de que o capitalismo, da maneira como a história ilustra, impôs e impõe em suas relações de classes, sempre traços de fragilidade e precariedade para os trabalhadores. Esse é o ponto chave dessa dissertação.
This dissertation is linked to the line one in the master's degree of Social Policy at the Universidade Federal do Espírito Santo called "Reproduction and structure of contemporary capitalism." Its main objective is to analyze what it is the phenomenon of precarization of labor in the capitalist system. To achieve this we divide this work into three chapters: the first one sought to identify if historically the capitalist mode of production, in essence, left at some historical moment to introduce traits of insecurity. The second identified how the precariousness of work is used by authors, to contextualize the reader about the debate and finally there was an investigation if have similarity between the term precarious employment with the flexibility and intensification of work, in order to demonstrate the uniqueness of the term precarious work. The hypothesis of this research is the consideration that capitalism, in the way of story illustrates, imposed and imposing in its relations of classes, traces of fragility and precariousness for workers. This is the key point of this dissertation.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1841
Appears in Collections:PPGPS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Barbara Leite Pereira.pdf706.75 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons