Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1964
Title: Avaliação geotecnológica da dinâmica e sucessão ecológica na fragmentação florestal na bacia hidrográfica do Rio Caxixe, ES
metadata.dc.creator: Pereira, Marcos Lima
Keywords: Geoprocessamento;Regeneração natural;Fitossociologia;Análise de agrupamento;Caxixe, Rio;Bacias hidrográficas
Abstract: A bacia hidrográfica do rio Caxixe estende-se por uma região com fisionomias florestais típicas da Mata Atlântica, a qual sofre ações antrópicas, devido principalmente ao processo de ocupação agropecuária. Com a finalidade de somar esforços à proteção e o manejo consciente da Mata Atlântica objetivouse com este trabalho estudar a evolução espaço-temporal (1985-2010) da dinâmica e regeneração natural de fragmentos florestais na bacia hidrográfica do rio Caxixe, ES, por meio de análise geotecnológica das imagens orbitais do satélite LANDSAT 5 TM. A análise estrutural dos fragmentos florestais foi baseada no uso de métricas da paisagem na extensão V-Late 2.0 do aplicativo computacional ArcGIS 10.2. Após, o mapeamento dos fragmentos verificou-se a acurácia por meio do índice Kappa (70,2%) e pelo valor de Exatidão Global (86,29%). Para a comprovação da relação entre os índices métricos de ecologia da paisagem e a regeneração natural foi estudado o fragmento com maior potencial de regeneração da bacia hidrográfica, com base do modelo matemático de análise de critérios múltiplos. As métricas para correlação utilizadas foram CA, MNN, NNAREA e TCA. Os indivíduos lenhosos com DAP ≥ 5 cm foram medidos e identificados, distribuídos em 18 parcelas (10 × 20m). Além da composição florística foram analisados os parâmetros fitossociológicos, a diversidade florística por meio do índice de Shannon (H’), equabilidade de Pielou (J’) e a similaridade florística. As análises mostraram um aumento de aproximadamente 12,4% na cobertura florestal nesses 25 anos. Das métricas analisadas, a área total e área núcleo do fragmento (30,53% cada) foram as variáveis de maior importância. Foram quantificadas 133 espécies e 82 famílias. As famílias mais ricas em indivíduos foram Arecaceae, Asteraceae e Euphorbiaceae. No fragmento matriz as famílias Asteraceae, Lauraceae e Arecaceae foram as que tiveram o maior IVI. No fragmento regenerado foram Arecaceae, Myrtaceae e Cyatheaceae, sendo observado que os parâmetros que mais influenciaram no IVI do fragmento matriz foram FR e DoR e no regenerado DA. A diversidade florística, calculada segundo H’ foi de 3,89 e para o J’ foi de 0,79, indicando estádio médio para avançado de sucessão. Por meio da análise de similaridade foi evidenciada a tendência de formação de três agrupamentos, relacionando o fragmento regenerado com a matriz florestal. Verificou-se que a regeneração sofreu influência da proximidade e área do vizinho, a qual explica a proximidade do fragmento regenerado ao matriz. As métricas área central e área central total explicam a diversidade de espécies existente no fragmento matriz. Desta maneira, a aplicação das técnicas de sensoriamento remoto possibilitaram o mapeamento da evolução espaço-temporal e identificação de fragmentos regenerados, sendo importantes para o planejamento estratégico que visam à conservação e manutenção de áreas de importância socioeconômica e ambiental. Infere-se que as métricas área, proximidade, área do vizinho estão correlacionadas ao processo de regeneração do fragmento, sendo responsáveis por grande parte do potencial de regeneração.
The watershed of the Caxixe river spans a region with typical forest formations of the Atlantic, which undergoes strong human actions, mainly due to the landowner occupation process. In order to join efforts in protecting and conscious management of Atlantic Forest aimed to work with this study the spatio-temporal (1985-2010) evolution of dynamic, natural regeneration of forest fragments in the basin of river Caxixe, ES, for geotecnológica through analysis of satellite images of LANDSAT 5 TM. Structural analysis of forest fragments was based on the use of landscape metrics in Late-V 2.0 extension computational application ArcGIS 10.2. After the mapping of fragments verified for accuracy by the Kappa index (70.2%) and the value of Global Accuracy (86.29%). For demonstrating the relationship between the metric indexes of landscape ecology and natural regeneration fragment with greater potential for regeneration of watershed based mathematical model of multi-criteria analysis was studied. The metrics used for correlation were central area, proximity of the nearest neighbor central area, and total area. The woody plants with DBH ≥ 5 cm were measured and identified, distributed in 18 plots (10 × 20m). Besides the floristic composition phytosociology, its diversity through the Shannon index (H '), evenness (J') and the floristic similarity were analyzed. The analyzes showed an increase of approximately 12.4% in forest cover past 25 years. The metrics analyzed, the total area and the core area of the fragment (30.53% each) were the most important variables. 133 species and 82 families were quantified. The richest families were individuals in Arecaceae, Asteraceae and Euphorbiaceae. In the fragment matrix Asteraceae, Lauraceae and Arecaceae family ones were the highest IVI. Fragment were regenerated in Arecaceae, Myrtaceae and Cyatheaceae It was observed that the parameters that most influenced IVI fragment matrix and dominance were often relative and absolute density in regenerated. Floristic diversity, calculated as H 'was 3.89 and for J' was 0.79, indicating medium to advanced stage of succession. Through similarity analysis evidenced the tendency to form three clusters by linking the fragment regenerates within the forest matrix. It has been found that regeneration was influenced by the proximity area and the neighbor, which explains the proximity of the fragment to regenerate the matrix. Metrics central area and full central area explain the diversity of species in the fragment matrix. Thus, the application of remote sensing techniques enabled the mapping of the spatio-temporal evolution and identification of regenerated fragments, being important for strategic planning aimed at the conservation and maintenance of areas of socio-economic and environmental importance. It is inferred that the metrics area, proximity of the neighboring area are correlated to the fragment regeneration process, being responsible for much of the regeneration potential.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/1964
Appears in Collections:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Marcos Lima.pdf4.72 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons