Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2021
Title: A interoperabilidade semântica na perspectiva da organização do conhecimento: uma proposta para o repositório institucional da Universidade Federal do Espírito Santo
Other Titles: The semantic interoperability in the context of knowledge organization: a proposal for the Federal University of Espírito Santo Institutional Repository
metadata.dc.creator: Andrade, Morgana Carneiro de
Keywords: Interoperabilidade semântica;Organização do conhecimento;Repositórios institucionais;Universidade Federal do Espírito Santo;Metadados;Semantic interoperability;Metadata;Institutional repository;Knowledge organization
Citation: ANDRADE, M. C. A interoperabilidade semântica na perspectiva da organização do conhecimento: uma proposta para o Repositório Institucional da Universidade Federal do Espírito Santo. 2012. 212f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão da Informação) – Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação, Centro de Educação, Comunicação e Artes, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2012.
Abstract: Os repositórios institucionais têm-se tornado uma alternativa relevante para as instituições de pesquisa e ensino reunirem o conhecimento produzido em um único local, facilitando a gestão da produção intelectual e a sua socialização. Um dos pré- requisitos para que os repositórios cumpram esse papel é que eles possibilitem a interoperabilidade semântica, não só entre os repositórios como em relação aos outros serviços de informação. O objetivo deste estudo é analisar o elemento de metadado Subject do Dublin Core (dc.subject), sob a perspectiva da organização do conhecimento, a fim de fornecer subsídios para que o Repositório Institucional da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) alcance a interoperabilidade semântica, especificamente no nível dos dados categorizados. Como recursos metodológicos, foram adotadas as pesquisas documental e descritiva, com abordagem quali-quantitativa, utilizando o método de estudos de casos múltiplos. A amostra constitui-se de 38 repositórios institucionais contemplados pelos Projeto Piloto e Editais 01/2009 e 02/2010 IBICT/FINEP, dos quais 26 participaram da pesquisa. Dois dos repositórios institucionais não foram localizados; seis não responderam; e quatro justificaram sua não participação em razão de os repositórios se encontrarem em fase de implantação ou mudança de coordenação. Para a coleta de dados, foram utilizados um roteiro de pesquisa, uma planilha, que orientou a identificação das informações registradas nos sites dos repositórios selecionados, e um questionário eletrônico EncuestaFacil. Identificou-se que o padrão de metadados usado pela totalidade desses repositórios é o Dublin Core, e que alguns utilizam mais de um. A pesquisa apontou alguns fatores  como a falta de controle de vocabulário na maioria dos repositórios  que poderiam ser evitados com a disponibilização de instrumentos que facilitam a identificação de descritores pelos depositantes ; baixo índice de descritores traduzidos para o inglês; ausência de exposição de vocabulários controlados e de esquemas de classificação. Conclui-se que o panorama atual apresentado pelos repositórios institucionais nacionais necessita de um alinhamento com iniciativas internacionais em prol da interoperabilidade semântica. É necessário que os procedimentos adotados por gestores e pelo pessoal envolvido com os RIs sigam boas práticas em relação aos metadados e à Organização do Conhecimento.
The institutional repositories have become a most considerable alternative for the research and education institutions. They optimize the scientific and technological advance and assemble the generated knowledge in a single spot which facilitates the intellectual production management and its socialization. One of the requirements for the repositories to fulfill their role is to enable the semantic interoperability, not only among repositories, but also concerning other information services. This study aims to analyse the Dublin Core metadata element set – Subject (dc.subject) from the perspective of the knowledge organization in order to provide support for the UFES institutional repository to achieve the semantic interoperability, specifically at the categorical data. The methodologyl used here was the descriptive and documentary research. The approach was quali-quantitative analysis and the method was the multiple case study. All the 38 institutional repository included in the Projeto Piloto and Editais 01/2009 and 02/2010 IBICT/FINEP were contacted (two of the IR were not located, six did not return the questionnaire and four apologized for not contributing due to administrative matters), so therefore only 26 participated of the research. For the data collection were used a research script which contains aspects that identify the repositories and a spreadsheet that guided the identification of the information recorded on the sites of the selected repositories and EncuestaFacil eletronic query. The pattern of metadata adopted by all those repositories is Dublin Core, and some make use of more then one (pattern). The research point out to some problems such as: the lack of vocabulary control in most repositories that could be avoided by making the instruments to identify the descriptors acessible to people in putting data; small rate of descriptors translated into English; absence of controlled vocabulary or classification schemas. This study demonstrates that current situation presented by the national institutional repositories urgs alignment with international initiatives in favor of semantic interoperability. It is necessary that managers and staff who are involved in the IRs adopt good practices and standard procedures regarding the metadata and the knowledge organization.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2021
Appears in Collections:BC - Dissertações de mestrado dos servidores técnico-administrativos em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andrade_Morgana_C_Me_2012.pdf1.28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons