Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2058
Title: Geoquímica deposicional de metais e e hidrocarbonetos no estuário do Canal da Passagem (Vitória-ES) e no sistema estuarino dos rios Piraquê-Açú e Piraquê-Mirim (Aracruz-ES)
metadata.dc.creator: Costa, Eduardo Schettini
Keywords: Hidrocarbonetos;Estuários;Poluição;Petróleo;Geoquímica ambiental;Metais traço;Passagem, Canal da (Vitória, ES);Piraquê-Açú, Rio (ES);Piraquê-Mirim, Rio (ES)
Abstract: O estudo de testemunhos de sedimentos pode fornecer um registro histórico de várias influências no sistema aquático para a deposição de poluentes. Como forma de avaliar a deposição natural ou antrópica de metais e hidrocarbonetos em dois importantes estuários do Espírito Santo, o presente trabalho analisou os teores destes em três testemunhos (P1, P2 e P3) do estuário do Canal da Passagem e três testemunhos (PA05, 9bnorte e PM01) do Sistema Estuarino do Piraquê-Açú e Piraquê-Mirim (SEPAPM). Marcadores geoquímicos (isótopos estáveis δ 13C e δ 15N e razão Corg./Ntotal), granulometria, teor de carbonato e taxa de sedimentação (somente para o estuário Canal da Passagem) também foram analisados. Os resultados evidenciaram contribuição antrópica para os metais (Zn, Cd, Cu e Pb) e hidrocarbonetos petrogênicos no Canal da Passagem, o que não aparenta estar ocorrendo no SEPAPM, mesmo este apresentando maiores concentrações de metais. Essa concentração mais alta deve-se, possivelmente, ao elevado aporte desses elementos da Formação Barreiras para o SEPAPM. O arsênio no SEPAPM apresenta uma elevada concentração comparada a outros estuários, possivelmente devido ao aporte da Formação Barreiras e a deposição associada ao carbonato de cálcio e oxihidróxidos de Fe/Mn. O conteúdo orgânico também apresenta diferentes funções entre os estuários, sendo que no Canal da Passagem este está diretamente relacionado a deposição dos elementos metálicos, principalmente quando associados a compostos petrogênicos e derivados de efluentes domésticos. Esse padrão não ocorre no SEPAPM, onde o conteúdo orgânico não está diretamente associado aos metais. Essas contaminações por metais e hidrocarbonetos no Canal da Passagem são derivadas possivelmente de atividades que usam óleo e seus derivados, como atracagem de pequenas embarcações, além do escoamento de água pluvial contendo resíduos de pneus, combustíveis, lubrificantes e pastilhas de freio. O aumento do despejo de efluentes domésticos proveniente do elevado crescimento demográfico na região de Vitória também é um importante fator. O Sistema Estuarino do Piraquê-Açú e Piraquê-Mirim não apresentou qualquer indicação de um enriquecimento antrópico para os metais e contaminação por hidrocarbonetos petrogênicos.
The sediment cores study can provide a historical record of several influences for deposition of pollutants on the aquatic system. As a way to evaluate the natural or anthropogenic deposition of metals and hydrocarbons in two important estuaries of the Espírito Santo, this study examined the levels of these in three sediment cores (P1 , P2 and P3) of the Passagem Channel estuary and three sediment cores (PA05 , 9bnorte and PM01) of the Piraquê-Açú and Piraquê-Mirim Estuarine System (PAPMES). Geochemical markers (δ 13C e δ 15N stale isotopes and Corg./Ntotal ratio), grain size, carbonate content and sedimentation rate (Passage Channel estuary only) were also analyzed. The results showed an anthropogenic contribution to metals (Zn, Cd, Cu and Pb), which does not happen in the PAPMES, even with higher concentrations of these metals. This difference is possibly due to high input of these elements from Barreiras Formation to the PAPMES. Arsenic in SEPAPM has a high concentration compared with others estuaries, possibly due to an input from the Barreiras Formation and to the deposition associated with the calcium carbonate and Fe/Mn oxyhydroxides. The organic content also presents different rules between the estuaries, being directly relate with metallic elements deposition, especially when associated with petrogenic compounds and domestic effluents derivatives. This pattern does not occur in PAPMES, where the organic content is not directly associated with metals. These contaminations by metals and hydrocarbons in the Passagem Channel are possibly associated to activities that use oil or its derivatives (mooring small boats) and runoff containing waste tires, fuels, lubricants and brake pads. In addition, there is also the increase of the disposal of domestic sewage related to the high population growth in the region of the Great Vitoria. The Piraquê-Açú and Piraquê-Mirim Estuarine System showed no indication of anthropogenic enrichment of metals and petrogenic hydrocarbons contamination.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2058
Appears in Collections:PPGOAM - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eduardo Tese - Finalizada e corrigida 180514 (1).pdf4.8 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons