Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2160
Title: A formação do professor de Arte na modalidade Educação a Distância-UAB/UFES.
metadata.dc.creator: SIMOES, V. L. O.
Keywords: Artes visuais;Formação de professores de Arte
Issue Date: 10-Apr-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SIMOES, V. L. O., A formação do professor de Arte na modalidade Educação a Distância-UAB/UFES.
Abstract: Esta tese é resultado de uma pesquisa configurada como um estudo de caso, com o propósito de identificar, no Curso de Artes Visuais/UAB/UFES: as concepções de professor de Arte que norteiam/embasam o Curso de Artes Visuais, modalidade semipresencial, e como elas se manifestam no currículo do curso, nos documentos oficiais que o normalizam, nos discursos e nas práticas propostas pelos professores/formadores; a concepção que fundamenta a formação do professor de Arte na modalidade Educação a Distância (EAD); os conceitos que embasam a legislação/normalização na modalidade EAD sobre o ensino da Arte; o discurso e as práticas dos professores-formadores presentes nos materiais educativos propostos e na plataforma Moodle; os modos de interação entre professor e tutor, entre professores e alunos, entre tutores e alunos e entre os tutores presenciais e a distância. A pesquisa conta com o apoio do referencial bakhtiniano de análise das interações verbais e da construção dos discursos e saberes. Portanto, a abordagem metodológica está fundamentada nos pressupostos teóricos de Mikhail Bakhtin, com ênfase no conceito de dialogismo, entendido aqui como a relação que se dá entre os discursos e, portanto, entre o eu e o outro, e também no conceito de polifonia considerando a pluralidade de vozes que coexistem e interagem nas práticas discursivas daqueles que habitam um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Diante de um universo constituído por 44 disciplinas distribuídas nos três eixos - Formação Geral e Pedagógica, Formação Específica e Prática de Ensino em Arte que estruturam o curso, houve necessidade de um recorte e a análise foi realizada nas disciplinas: Estágio em Pesquisa I, História da Arte III e Vídeo, cada uma delas componentes de um eixo específico. Conforme esperado, identifica-se, nesse ambiente virtual, uma profusão de vozes presentes nos enunciados que constituem os escritos sobre a EAD; a legislação que rege a formação de professores, o projeto do curso, a estrutura da matriz curricular, as práticas dos professores especialistas das disciplinas, as intervenções da tutoria, a interação dos estudantes. Como se trata de uma profusão de vozes oriundas de diversos sujeitos e em interação estão presentes variadas concepções de professor de Arte, algumas vezes percebidas nas práticas e discursos de um mesmo sujeito. Esta pesquisa confirma a teoria bakhtiniana de que é nas fronteiras de interação entre o eu e o outro, na relação entre sujeitos e dos sujeitos com a sociedade que se constituem os discursos e se constroem o sentido do texto. Mesmo quando a interação não está tão explícita ou evidente, é a partir dela que os sujeitos se constituem, mostram sua inventividade e se tornam responsáveis ou respondíveis por suas atividades, considerando o lugar e o tempo específico que cada um ocupa no mundo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2160
Appears in Collections:PPGE - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_6540_VERA LUCIA DE OLIVEIRA SIMÕES.pdf38.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.