Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2248
Title: As relações grafofônicas na Provinha Brasil (2008-2012)
metadata.dc.creator: Gonçalves, Rosalina Tellis
Keywords: Alfabetização;Avaliação educacional - Brasil;Fonética;Fonologia;Linguística
Issue Date: 26-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: Este trabalho analisa o instrumento avaliativo Provinha Brasil, para investigar as relações grafofônicas que vêm sendo priorizadas e consideradas adequadas para avaliar a alfabetização de crianças no Brasil. Especificamente, trata da singularidade da temática, por meio da análise do documento utilizado como referencial para a elaboração dos testes da Provinha, mediante o exame das relações grafofônicas, objeto das questões nas provas. Procura averiguar também as vinculações do documento de referência e das questões grafofônicas às teorizações do campo da linguística. O estudo fundamenta-se em teóricos da linguística como Cagliari (1998, 1999, 2008), Teberosky (2000), Oliveira (2005), Lemle (2007) e Silva (2012). Caracteriza-se, metodologicamente, como uma pesquisa qualitativa de base documental. Assume a hipótese de que a Provinha Brasil, ao demarcar que concebe [...] a alfabetização como o desenvolvimento da compreensão das regras de funcionamento do sistema de escrita alfabética (INEP, 2012, p. 8), restringe, por meio de seus itens de questões, a avaliação da alfabetização apenas às relações grafofônicas tomadas como as mais simples do sistema de escrita alfabética. Conclui que as provas aplicadas no período de 2008-2012 privilegiam, nas questões, o reconhecimento de sílaba inicial das palavras, da letra inicial e o formato global da palavra. Evidencia, também nas questões, a preferência pela relação biunívoca entre fonemas e grafemas, tratando, em caráter de biunivocidade, outras relações grafofônicas que apresentam variação quanto ao valor posicional de letras que representam sons diferentes, sons representados por diferentes letras ou, ainda, letras que representam sons idênticos em contextos idênticos. As análises corroboraram a hipótese de investigação, uma vez que a Provinha, ao considerar as relações grafofônicas mais simples como elementos balizadores para aquilatar se uma criança, no Brasil, está ou não alfabetizada, institucionaliza essas relações como pré-requisitos para a entrada das crianças no universo da leitura e da escrita, desconsiderando a produção de conhecimentos no campo da Linguística e reduzindo de forma drástica a noção de alfabetização em suas diferentes dimensões.
This work analyzes the evaluation instrument Provinha Brazil, to investigate grafofonicas relations, which have been prioritized and considered adequate to assess the literacy of children in Brazil. Specifically deals with the uniqueness of thems, through document analysis used as a reference for the format of the tests Provinha tests by examining the grafofônicas relations, on the evidence of the object issues It also seeks to ascertain the links of the reference document and grafofônicas questions to the theories of linguistics field. The study is based on theoretical linguistics as Cagliari (1998, 1999, 2008), Teberosky (2000), Oliveira (2005), Lemle (2007) and Silva (2012). It is characterized, methodologically, as a qualitative research evidence base. The study assumes the hypothesis that Provinha Brazil is being used to mark that designs "literacy as the development of understanding of the operating rules of the alphabetic writing system" (INEP, 2012, p. 8), restricts, through its items issues, the evaluation of literacy only to grafofonicas relations taken as the simplest of alphabetic writing system. It concludes that the tests applied in the 2008-2012 period privilege, the issues, the initial syllable word recognition, recognition of the initial letter and global word. Highlights also the issues, the preference for two-way relationship between phonemes and graphemes, dealing in character mutual unambiguit, other grafofônicas relationships that have variation in the positional value of letters that represent different sounds, sounds represented by different letters or even letters representing the same sound being equal. The analyzes support the hypothesis of research, since the Provinha, when considering the grafofônicas relations simpler functioning as a guide elements to assess whether a child, in Brazil, is or illiterate, institutionalize these relations as a prerequisite for the entry of children in reading and writing universe, disregarding the production of knowledge in the field of linguistics and reducing drastically the notion of literacy in its various dimensions.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2248
Appears in Collections:PPGE - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_9485_ROSALINA TELLIS GONÇALVES-TESE-VERSÃO PARA ENCADERNAÇÃO.pdf3.68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.