Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2380
Title: Práticas pedagógicas e o sujeito com autismo: um estudo de caso fenomenológico no ensino comum.
metadata.dc.creator: PINTO, S. S.
Keywords: Autismo;Educação Inclusiva;Práticas Pedagógicas
Issue Date: 30-Sep-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: PINTO, S. S., Práticas pedagógicas e o sujeito com autismo: um estudo de caso fenomenológico no ensino comum.
Abstract: O presente estudo de foco fenomenológico se propôs analisar as práticas pedagógicas direcionadas a um educando com autismo, matriculado na turma de primeiro ano do ensino fundamental, de um Centro de Educação Infantil conveniado à rede pública municipal de ensino, de Cariacica, Espírito Santo. O estudo ainda buscou identificar quais as concepções que os educadores possuíam acerca da temática do autismo e da educação inclusiva, bem como observar as relações estabelecidas entre educadores e educando e os aspectos da socialização do sujeito com os demais colegas de turma e professores. O estudo se desenvolveu a partir de uma abordagem qualitativa, cuja metodologia se baseou no estudo de caso fenomenológico. Como instrumentos de coleta de dados utilizou-se entrevistas semiestruturadas, registro em diário de campo, análise documental e registro fotográfico. O aporte teórico utilizado pela pesquisa se baseou na interlocução entre as contribuições do campo da educação inclusiva e a Filosofia Fenomenológica de Martin Heidegger e Maurice Merleau-Ponty, partindo da analítica existencial do Ser, considerando o sujeito com autismo como ser-no-mundo e discutindo as relações estabelecidas entre os sujeitos, tal como postula Merleau-Ponty. Como resultados do estudo, constatou-se os desafios colocados pela proposta de educação inclusiva e o desconhecimento à respeito do autismo, redundando numa visão estereotipada do sujeito bem como um baixo investimento nas relações com o educando nos momentos lúdicos. Apontamos também para a necessidade de uma prática pedagógica sistemática e contextualizada direcionada ao educando com autismo, possibilitada pela observação e o registro rigoroso do cotidiano vivido no contexto escolar, a fim de conhecer as necessidades do sujeito. Para tal urge considerar o planejamento do professor como lugar de sistematização da prática educativa.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2380
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_6883_Dissertação Sulamyta PPGE.pdf697.59 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.