Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2433
Title: ATENDIMENTO Educacional Especializado e Os Processos de Conhecimento na Escola Comum
metadata.dc.creator: BORGES, C. S.
Keywords: Educação especial;Atendimento Educacional Especializado
Issue Date: 29-Aug-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: BORGES, C. S., ATENDIMENTO Educacional Especializado e Os Processos de Conhecimento na Escola Comum
Abstract: O objetivo deste estudo é problematizar o atendimento educacional especializado tendo em vista compreender o que é conhecimento complementar no processo de escolarização de alunos com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento no contexto da escola comum. Toma-se a articulação entre a sala de aula comum e o atendimento educacional especializado como ambientes potencializadores do processo de escolarização dos alunos público-alvo da Educação Especial. Apoia-se nas reflexões teóricas de Lev Semenovich Vigotski, visto que esse autor debruçou-se em estudar o desenvolvimento humano, evidenciando a possibilidade do aprendizado. No que se refere às questões da Educação Especial, busca interlocuções com as produções de pesquisadores da área, tais como Padilha, Kassar, dentre outros. Para tal estudo, a metodologia utilizada foi a pesquisa-ação colaborativo-crítica, pois esta assume a possibilidade de provocar/acompanhar flashes de mudanças nos desafios colocados à prática docente e aos envolvidos no processo de pesquisa, bem como produzir outras formas de conhecimentos. Como instrumento de coleta de dados utiliza-se de momentos de diálogos-reflexivos sobre o vivido por meio de grupos focais, bem como a observação participante e de entrevistas semiestruturadas. Teve como lócus de pesquisa uma escola da rede municipal de Serra, Espírito Santo. Os principais apontamentos referem-se à contribuição do atendimento educacional especializado como espaço de acesso aos conhecimentos escolares em articulação com o conhecimento produzido em sala de aula comum, considerando as possibilidades dos alunos público-alvo da Educação Especial. Nessa linha, observa-se o quão fundamental é a interação dos profissionais responsáveis pelos processos de escolarização dos sujeitos matriculados na escola regular, possibilitando oportunidades de diálogos sobre possibilidades, tensões e desafios nos complexos processos de ensino-aprendizagem. No que tange ao conhecimento complementar, percebe-se que, primeiramente, seria necessário potencializar a sala de aula e avaliar o processo de aprendizagem dos alunos e criando assim subsídio para o trabalho no atendimento educacional especializado. Sabe-se que de acordo com a legislação vigente que o referido atendimento não reproduz o trabalhado em sala de aula, como também, não se trata de reforço. Com o movimento da pesquisa, pôde-se apreender que o conhecimento complementar é aquele que o aluno ainda precisa alcançar ou potencializar, tendo em vista seu desempenho em sala de aula, onde possa acompanhar o currículo vivido pela turma e realizar as tarefas, disponibilizadas a todos os alunos, de acordo com suas condições e possibilidades, para que eles façam parte do processo de escolarização apropriando e produzindo cultura.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2433
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7939_CARLINE SANTOS BORGES.pdf1.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.