Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2453
Title: EXPERIÊNCIAS Formativas no Início da Docência Mediadas Pelo Pibid Educação Física na Universidade Estadual de Feira de Santana, Bahia
metadata.dc.creator: MELO, T. M. Q.
Keywords: Iniciação à docência;Educação Física;PIBID;
Issue Date: 9-Mar-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: MELO, T. M. Q., EXPERIÊNCIAS Formativas no Início da Docência Mediadas Pelo Pibid Educação Física na Universidade Estadual de Feira de Santana, Bahia
Abstract: O presente trabalho objetiva compreender como o Coordenador, os Supervisores e os Bolsistas do PIBID Educação Física da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) no município de Feira de Santana Bahia percebem os processos de iniciação à docência na formação inicial de professores de Educação Física no PIBID Educação Física UEFS. Por meio da Pesquisa Narrativa, numa perspectiva de pesquisa e de formação, oportunizamos aos sujeitos da pesquisa entrevistas narrativas compostas pela reflexividade crítica necessária na constituição da docência. Analisamos a produção acadêmica sobre a temática da iniciação à docência no tempo da formação inicial nos bancos de dados da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED) e do Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (CONBRACE) e discutimos com Antonio Nóvoa, Carlos Marcelo e Molina Neto sobre as concepções de formação e as experiências vividas no início da docência e buscamos em Walter Benjamin e Jorge Larrosa ancoragens para o entendimento do conceito de experiência. Os resultados apontam para o reconhecimento do PIBID como um programa que aproxima do campo de atuação interferindo na escolha pela docência. Sinalizam que o programa possibilita a articulação entre a universidade e a escola fortalecendo a perspectiva de formação que acontece coletivamente. Confirmam que o PIBID permite a constatação dos desafios presentes na escola e da necessidade de transformação desta realidade com a articulação dos saberes acadêmicos e os escolares. Neste sentido, constatamos a afirmação da entrada na carreira, como uma experiência formativa que intensifica o desenvolvimento profissional docente e, portanto, deve ser concebida como política nacional institucionalizada de iniciação à docência.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2453
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8586_MELO, Tatiana Moraes Q ueiroz Dissertação(1).pdf1.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.