Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2454
Title: O Aluno Com Síndrome de Prader-willi na Escola Comum: Inclusão, Escolarização e Processos de Subjetivação
metadata.dc.creator: LELLIS, M. G. O.
Keywords: Inclusão;Síndrome de Prader-Willi;Escolarização;
Issue Date: 28-Apr-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: LELLIS, M. G. O., O Aluno Com Síndrome de Prader-willi na Escola Comum: Inclusão, Escolarização e Processos de Subjetivação
Abstract: Este estudo intitulado ―O aluno com Síndrome de Prader-Willi na escola Comum: inclusão, escolarização e processos de subjetivação‖ apresenta levantamentos de dados coletados em uma pesquisa no curso de Mestrado em Educação do Programa de Pós-Graduação PPGE Universidade Federal do Espírito Santo -UFES. Tem por objetivo entender como se dá o processo de inclusão de um aluno subjetivado como tendo a Síndrome de Prader-Willi, no contexto do ensino fundamental, de uma escola pública municipal de Vitória-E.S. Especificamente, pretendeu-se: (i) investigar características comportamentais da Síndrome de Prader-Willi; (ii) conhecer o sujeito com Síndrome de Prader-Willi a partir da contextualização deste sujeito na sala comum; (iii) identificar se há articulação entre os panoramas legislativos da educação inclusiva e as práticas educativas perante ao contexto escolar; (iv) entender os processos de subjetivação do sujeito subjetivado como tendo síndrome; (v) conhecer as práticas educativas desenvolvidas como tal sujeito, no âmbito da escola comum e do atendimento educacional especializado (AEE), a partir das contribuições sócio-histórica. Na construção deste estudo, o referencial metodológico adotado, foi a abordagem qualitativa de pesquisa, do tipo etnográfico, a partir de um estudo de caso, que sinaliza uma tentativa de compreensão detalhada dos significados, comportamentos, ações e situações vivenciadas por Samuel, sujeito da pesquisa, no ínterim do seu cotidiano escolar. Por fim, concluiu-se que o sujeito foi além de um diagnóstico patologizante e que foi capaz de construir a partir dos seus diversos diálogos, processos de ensino e aprendizagem com outro, para além da subjetivação da Síndrome de Prader-Willi.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2454
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8848_DISSERTAÇÃO Marcella Lellis.pdf8.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.