Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2459
Title: EDUCAÇÃO, Formação Humana e Tecnologia: Diálogos Com o Homem Unidimensional de Marcuse
metadata.dc.creator: VERDIN, A. M. S.
Keywords: Cultura;Internet;Herbert Marcuse;Teoria educacional
Issue Date: 7-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: VERDIN, A. M. S., EDUCAÇÃO, Formação Humana e Tecnologia: Diálogos Com o Homem Unidimensional de Marcuse
Abstract: Esta dissertação se insere no âmbito da pesquisa teórica, no campo dos fundamentos filosóficos da educação crítica. O problema da pesquisa diz respeito aos desafios que os conceitos de tecnologia e cultura, presentes nas reflexões de Herbert Marcuse, oferecem para a teoria crítica da educação na atualidade. A reflexão gira em torno dos processos formativos a partir de sua relação com a tecnologia, especificamente com a Internet. Parte da fundamentação filosófica de Herbert Marcuse, sobre os conceitos de cultura e tecnologia presentes no livro One-Dimensional Man e nos ensaios Sobre o caráter afirmativo da cultura e Comentários para uma redefinição do conceito de cultura. A hipótese é que os conceitos desenvolvidos pelo autor em diálogo com fenômenos socialmente constituídos bem como com os emergentes caminham a contrapelo da lógica da racionalidade técnico-instrumental hegemônica. Toma como ponto de partida a revisão teórica cujo resultado revela a atualidade e interesse pela temática no campo educacional e também constata a incipiência de trabalhos a partir da filosofia crítica de Marcuse, tanto em fontes nacionais quanto em internacionais. Pela análise crítica dos trabalhos acessados infere-se que mediada pela Internet a tecnologia também pode causar a utilização de formas empobrecidas e reduzidas dos modos de perceber e significar acontecimentos, relações, projeções e possibilidades, além de poder ser alterado o caráter da subjetivação por meio de processos de apropriação de indícios danificados de memória e cultura. Combinados às técnicas de propaganda e autopromoção, esses elementos corroboram a configuração e aplicação do projeto cognitivo para o sujeito unidimensional, confortavelmente rendido à lógica da sociedade que o produz. A potencialidade do uso de ferramentas tecnológicas livres do projeto da racionalidade técnico-instrumental que se sobrepõe à faceta sensível e amorosa da vida humana, típico do capitalismo tardio das sociedades industriais avançadas, pode reverter os movimentos de organização tecnológica intelectual e política, de conquista e manipulação do pensamento negativo, da consciência infeliz, de liberdades, necessidades, desejos, modos de administrar o tempo livre, de projeção de padrões de vida que em conjunto cerceiam movimentos para a transformação social.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2459
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8974_Dissertação Mestrado Alessandra.pdf3.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.