Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2493
Title: O uso de geoinformação na gestão pública universitária : estudo do contexto capacitante para o desenvolvimento do conhecimento científico
metadata.dc.creator: Rizzo, Cássia Gisele de Morais
Keywords: Sistemas de informação geográfica;Gestão do conhecimento
Issue Date: 3-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: Esta dissertação propõe a utilização de método baseado em Sistema de Informação Geográfica (SIG) para visualizar e gerir os produtos e os recursos utilizados pelos pesquisadores no processo de conhecimento científico nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES). Como propõe a modelagem conceitual de uma ferramenta tecnológica, o pressuposto a ser adotado é de que as ferramentas de geoinformação agregam qualidades ao contexto capacitante necessário à geração de conhecimento, otimizando e facilitando a comunicação e transferência do conhecimento científico tácito e explícito, qualificando o processo de acesso e disseminação da produção científica docente nas IFES, contribuindo na visualização da estrutura científica das IFES e promovendo o processo identitário como "Universidade Virtual", estruturada em redes e sintonizada com o processo de internacionalização da produção científica. O objetivo da pesquisa é demonstrar a partir de um modelo conceitual baseado nas tecnologias de geoprocessamento as contribuições positivas da geoinformação na efetividade da gestão pública universitária, traduzida pelo contexto capacitante existente e pelos avanços no processo de comunicação do potencial e da produtividade científica das IFES, influenciando especialmente o acesso e disseminação do conhecimento tácito dos docentes pesquisadores. A pesquisa é classificada como exploratória e pretende perceber a interação entre os elementos do processo de conhecimento científico, visualizados através dos mapas, compreendendo o espaço geográfico de forma integrada e sistêmica com o uso das tecnologias de geoprocessamento que permitem a realização de novas operações de armazenamento e análise dos dados provenientes de vários bancos de dados e repositórios. O modelo conceitual demonstrativo foi construído a partir da realidade observada na estrutura da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Para o estudo do modelo, os dados foram coletados de bancos de dados científicos de acesso livre, de bancos de dados institucionais, de páginas institucionais dos programas de pós-graduação na web, de informações coletadas nos setores vinculados a gestão do espaço físico na UFES e de entrevistas semi-estruturadas com representantes da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e do Núcleo de Tecnologia da Informação da UFES.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2493
Appears in Collections:PPGGP - Dissertações de mestrado profissional



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.