Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2508
Title: Clima ético em organizações públicas : o mapa de um hospital universitário
metadata.dc.creator: Carvalho, Wagner
Keywords: Clima organizacional;Ética profissional;Bioética;Organizações públicas;Ética militar
Issue Date: 25-Jun-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: O processo de introdução da ética como ferramenta de gestão deve se dar em 4 fases: identificação, desenvolvimento, implementação, e avaliação. Identificar o clima ético, conhecer a cultura de uma organização, são aspectos extremamente importantes para a consecução de resultados almejados. O clima de trabalho no HUCAM pode ser considerado bom. A equipe de saúde do hospital está representada por 45% de especialistas. A qualificação técnica dos servidores oferece um bom embasamento para o profissional lidar com o paciente, estabelecer uma boa relação, e oferecer um bom atendimento. O grande número de conflitos observados, entretanto, aponta para a necessidade de desenvolvimento dos atributos da área afetiva. O principal valor perseguido pelos profissionais do HUCAM é o respeito. Há o predomínio da ética de princípios no ambiente hospitalar. A supervalorização da pontualidade e assiduidade traz como consequência a sobrecarga de atividades para alguns servidores. A maior parte dos funcionários não se sente bem informada sobre os planos futuros do hospital. Diversos fatores podem influenciar o clima ético de uma organização tais como: equipe desmotivada; falta de sinergia entre os diversos setores de trabalho; dificuldades de relacionamento entre chefias e colegas de serviço; falta de objetivos; falta de coleguismo e espírito de equipe; comunicação deficiente; falha na condução das interfaces dos processos de trabalho; conflitos pessoais; sistema de funções gratificadas; e o grau de satisfação dos servidores, dentre outros. Os modelos de gestão gerencialista e participativo exigem, para que tenham êxito, um alto grau de comprometimento dos seus funcionários para com as empresas. É de suma importância atentar-se ao patrimônio humano da organização, o qual vem ganhando destaque, uma vez que dependem deste patrimônio, o sucesso e o alcance dos objetivos por parte da empresa. Portanto, é necessário manter na organização, não apenas funcionários competentes, mas funcionários competentes e motivados. Nesse contexto, tem-se o clima organizacional como facilitador do comprometimento e do envolvimento dos membros com os interesses da organização.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2508
Appears in Collections:PPGGP - Dissertações de mestrado profissional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7445_Dissertação Final - Wagner de Carvalho.pdf2.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.