Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2595
Title: Microcrédito: uma política social de redução da pobreza?
metadata.dc.creator: COLODETI, V. P.
Issue Date: 16-Dec-2011
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: COLODETI, V. P., Microcrédito: uma política social de redução da pobreza?
Abstract: Por meio de pesquisa bibliográfica e documental, o presente trabalho busca alcançar dois objetivos principais: a) conhecer e analisar as limitações e as potencialidades da concessão de microcrédito vista como suposta política social para a redução significativa da pobreza no Brasil; b) analisar criticamente um conjunto de argumentos teóricos nitidamente favoráveis ao desenvolvimento de programas de microcrédito voltados ao combate à pobreza, argumentos esses que, em conjunto, constituem o que é aqui chamado teoria pró-microcrédito. Para tanto, lançou-se mão de algumas das principais produções teóricas favoráveis ao microcrédito, de documentos institucionais e governamentais com informações sobre o funcionamento de programas que concedem tal modalidade de crédito na contemporaneidade brasileira e de diversos dados sobre a pobreza e o trabalho informal no País. Discute-se a diversidade de concepções teóricas da pobreza, da informalidade e da política social, dadas as interfaces destas com o microcrédito, o qual, no campo teórico, é predominantemente considerado um tipo de investimento produtivo e orientado fornecido a responsáveis por pequenos negócios (em sua maioria, informais) e que funcionaria como importante ativo gerador de renda para os microepreendedores, possibilitando-lhes, assim, superar a pobreza. Entende-se que a conexão estabelecida entre a teoria pró-microcrédito e a agenda política de combate à pobreza funda-se numa visão neoliberal da realidade social. Conclui-se que os programas de microcrédito têm impacto muito pouco significativo na redução da pobreza brasileira e que não tocam num aspecto central do e nfrentamento resoluto da pobreza, no País: o elevado grau de concentração da riqueza socialmente produzida. Palavras-chave: microcrédito; teoria pró-microcrédito; pobreza; informalidade; política social.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2595
Appears in Collections:PPGPS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_5290_Vicente de Paulo Colodeti.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.