Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2986
Title: "É a mesma Coisa só que é Diferente": Representações Sociais de Honra para Adolescentes Inseridos em Contexto de Aprendizagem Profissional
metadata.dc.creator: SILVA, R. D. N.
Keywords: honra;representações sociais;juventude;gênero;trabalho;
Issue Date: 31-Mar-2009
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SILVA, R. D. N., "É a mesma Coisa só que é Diferente": Representações Sociais de Honra para Adolescentes Inseridos em Contexto de Aprendizagem Profissional
Abstract: Entende-se por honra o nexo entre os valores da sociedade e a vontade do indivíduo de se apropriar deles, ser reconhecido pelo grupo social e alcançar posição socialmente diferenciada. Os padrões de conduta que levam alguém a ser reconhecido como honrado variam segundo cultura, classe social/econômica, idade e gênero. A pesquisa objetivou compreender as Representações Sociais (RS) de honra para adolescentes de classes populares inseridos em aprendizagem profissional. Entrevistou-se 22 jovens, 11 meninas e 11 meninos, com idades entre 15 e 17 anos, participantes do Programa Adolescente Aprendiz. O roteiro de entrevista estruturado dividiu-se em duas partes: 1)dados sócio-demográficos e perguntas sobre motivações e percepção de mudança após entrada no programa; 2)questões sobre as RS de mulheres e homens honradas(os), conhecimento de pessoas honradas, situações de perda e ofensa à honra. O conteúdo das entrevistas foi submetido à análise de conteúdo e organizado por gênero em cinco blocos temáticos: 1)dados sócio-demográficos; 2)motivações para entrada no Programa; 3)RS de honra masculina e feminina; 4)RS de pessoas honradas; 5)percepções de mudanças após entrada no Programa. Os resultados indicam que, como motivo predominante e unânime para inserção no Programa as meninas apontam o crescimento profissional e os meninos apresentam um conjunto de motivações que incluem crescimento profissional, possibilidade de auxiliar na renda familiar, independência e incentivo dos pais. A comparação das RS de honra entre gêneros mostra, em comum, atributos individuais como honestidade, trabalho e perseverança, e diferenças referentes a 1)dupla moral sexual, rigorosa para mulheres e permissiva para homens e 2)aspectos sócio-centrados referentes à família: a naturalização da ética do cuidado para mulheres e do papel de provedor primário e protetor familiar para homens. As(os) participantes consideraram honradas apenas as pessoas próximas do convívio social, sendo os mais citados, por ordem decrescente, os seguintes: família nuclear [pai, mãe e irmãos]; família extensa [avós e tias(os)]; namorada e amigos. Sobre mudanças após a entrada no programa, 21 jovens mencionaram modificações positivas como crescimento profissional, aquisição de habilidades sociais, independência, reconhecimento de pais e colegas e melhoria do relacionamento familiar. Somente uma mencionou aspectos negativos, como cansaço e a falta de tempo. Concluiu-se que o elemento de destaque nas RS de honra é o trabalho e que os valores éticos relevantes para os adolescentes estão presentes na prática cotidiana do grupo social onde estão inseridos. Verificou-se também que a honra é representada como um valor construído através da superação das dificuldades vividas. As RS de honra são constituídas ainda por outros elementos, alguns mais associados à organização social moderna, como a aprovação das mulheres no mercado de trabalho e das conquistas sociais que alcançaram nas últimas décadas, mas também apresentam elementos tradicionais como RS de mulheres e homens honrados pautadas na dupla moral sexual e na divisão sexual do trabalho. Fazem-se necessárias intervenções junto a esse público, inclusive no espaço de aprendizagem, com vistas à modificação desses conceitos para que esses jovens possam vivenciar relações de gênero mais igualitárias.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2986
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_2473_Dissertação Renata Danielle Moreira Silva.pdf841.36 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.