Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3006
Title: Representação Social de Juventude para Jovens Negros em Bairros Populares de Vitória-ES
metadata.dc.creator: TESCHE, B. B.
Issue Date: 31-Aug-2010
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: TESCHE, B. B., Representação Social de Juventude para Jovens Negros em Bairros Populares de Vitória-ES
Abstract: Tendo como base a Teoria das Representações Sociais proposta por Serge Moscovici, o presente trabalho busca conhecer a representação social de juventude negra para jovens negros moradores em bairro com maioria populacional preta ou parda, bairros esses que tenha uma produção cultural com base na cultura afro-brasileira. Especificamente identificamos os espaços de convivência juvenil nos bairros estudados e a forma de participação dos jovens nestes espaços, analisamos a relação entre produção cultural negra e elementos de representação social de ser jovem. E investigamos a relação entre a representação social de jovem negro e a representação social de jovens em geral. Nossa hipótese é que nos bairros onde a cultura negra é produzida e reproduzida amplamente, os jovens apresentam essa cultura no centro de suas representações sociais de juventude. Foram entrevistados 12 jovens de 19 a 28 anos, seis dos sexo masculino e seis do sexo feminino, residentes nos bairros de Fonte Grande ou Piedade em Vitória / ES. As entrevistas seguiram um roteiro semi-estruturado com dois blocos temáticos, um sobre adolescência e juventude do entrevistado e outro sobre a comunidade e participação dos jovens, além de questões sócio-econômicas. Os resultados indicaram que a representação social dos participantes sobre juventude negra é liberdade com responsabilidade, trabalho e resistência ao preconceito racial. Homens e mulheres tiveram a mesma representação social sobre juventude, mas tiveram resultados diferentes ao articularmos a representação social de juventude com a representação social de gênero. Uma segunda representação social foi identificada e corresponde a representação que os participantes acreditam que a sociedade tem deles, e da população negra em geral, como bandidos em potencial, perigosos e sujos. Para manter uma representação social positiva da população jovem negra, os participantes recorrem a rede cultural dos bairros, onde novas concepções podem ser produzidas e onde podem fortalecer-se para enfrentar o preconceito e o estereótipo. Palavras-chave: Representação social, juventude negra, comunidade, cultura.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3006
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_3219_TESCHE BB Dissertação.pdf928.48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.