Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3108
Title: Fatores de risco e de proteção presentes na vida de adolescentes cumprindo liberdade assistida : permanência e evasão escolar
metadata.dc.creator: Piazzarollo, Dominique Costa Goes
Keywords: Adolescentes e violência;Liberdade assistida;Evasão escolar;Comportamento de risco (Psicologia);Adolescentes - Proteção
Issue Date: 21-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: Estudos sobre adolescentes em conflito com a lei apontam que, embora a escola seja um importante fator de proteção, a maioria desse público se encontra em evasão escolar. Considerando a relevância do assunto, esta pesquisa buscou investigar fatores de risco e de proteção presentes na vida de adolescentes cumprindo liberdade assistida para compreender os processos de permanência e evasão escolar, por meio de dois estudos realizados com adolescentes atendidos por instituições da Grande Vitória (ES) que executam essa medida. No Estudo 1, 51 participantes responderam a um questionário, cujas respostas foram submetidas à análise estatística. No Estudo 2, foram entrevistados cinco adolescentes evadidos da escola e cinco frequentando o ensino médio, sendo os dados textuais submetidos à análise de conteúdo. Os fatores de proteção mais presentes na amostra foram religião, uso do tempo livre, autoeficácia, perspectiva de futuro, família, acesso aos meios de comunicação e autoestima, havendo associação positiva entre aspectos das três últimas variáveis e a permanência na escola. Os fatores de risco mais encontrados foram violência intrafamiliar e extrafamiliar, envolvimento com situações ilegais, uso de drogas e adversidades, havendo relação positiva entre a evasão escolar e esta última variável. De modo geral, verificou-se o aumento de fatores de risco em detrimento dos fatores de proteção nos adolescentes em evasão escolar. O trabalho destacou a importância dos relacionamentos interpessoais na escola e de que o enfrentamento da evasão escolar inclua ações em vários níveis, 19 contemplando o estudante, a família, a escola, os educadores e a organização social do país.
Studies on juvenile offenders point out that, although the school is an important protective factor, most of those adolescents are in dropout. Considering the importance of the subject, this research aimed to investigate risk and protective factors present in the lives of adolescents in probation to understanding permanence in school or dropout processes, through two studies of adolescents attended by institutions of Vitória (ES) serving this measure. In Study 1, 51 participants answered a questionnaire whose answers were subjected to statistical analysis. In Study 2, we interviewed five adolescents in dropout and five frequenting high school, and submitted the textual data to content analysis. The more protective factors present in the sample were religion, use of free time, self-efficacy, future prospects, family, access to the media and self-esteem, there is a positive association between aspects of the last three variables and staying in school. The risk factors most frequently found were intrafamilial and extrafamilial violence, involvement in illegal situations, drug use and adversity, with positive relationship between dropout and the latter variable. Overall, it has found the increase in risk factors in prejudice of protective factors in adolescents in dropout. The work highlighted the importance of interpersonal relationships in the school and that the combating to school dropout realize actions at various levels, including at the student, family, school, educators and social organization of the country.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3108
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7211_Dissertação de Mestrado - Dominique - Versão final.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.