Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3237
Title: Considere-se preso: erotismo e violência em O cobrador, de Rubem Fonseca
metadata.dc.creator: FARIAS, H. D. A.
Keywords: Rubem Fonseca;Erotismo;Violência;O Cobrador;Poder;
Issue Date: 30-Jul-2010
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: FARIAS, H. D. A., Considere-se preso: erotismo e violência em O cobrador, de Rubem Fonseca
Abstract: Os personagens de O cobrador, de Rubem Fonseca, ou pela vingança, ou como resposta à ameaça sofrida ou à insatisfação com o lugar social que lhes foi imposto, desafiam o poder estabelecido e violam lei e ordem em busca de bens e corpos inacessíveis de outra maneira. Este trabalho analisa a violência e o erotismo em quatro contos de O cobrador, bem como sua inscrição na relação entre poder e resistência, com base nas reflexões do filósofo Michel Foucault. Tal oposição será constatada na escalada do protagonista do contotítulo, cuja violência vai da agressão ao assassínio, passando pelo estupro; no erotismo episódico e transgressor do astuto advogado Mandrake, cuja investigação bem sucedida contraria o cliente poderoso; no motim empreendido pelos internos condenados do Lar Onze de Maio, oprimidos pelo Estado, num ambiente que lembra a distopia orwelliana 1984; e na paixão socialmente condenada e interdita do Pierrô da caverna. Mas embora enfrentem e vençam forças poderosas, esses homens e mulheres ficcionais estão condenados à frustração, dada a fungibilidade de seus triunfos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3237
Appears in Collections:PPGL - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_4262_.pdf509.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.