Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3244
Title: A matéria do nada. Potências, flutuações e experiência no nada poético de Carlos Drummond de Andrade
metadata.dc.creator: CORREA, D. B.
Keywords: Carlos Drummond de Andrade;nada;poema;poesia;poeta;ser;
Issue Date: 11-Apr-2011
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CORREA, D. B., A matéria do nada. Potências, flutuações e experiência no nada poético de Carlos Drummond de Andrade
Abstract: Carlos Drummond de Andrade, em seus poemas, pensa esteticamente o ser, o tempo e a linguagem, silenciando seus leitores para que neles se opere a força do nada. Pensar a matéria do nada nos poemas do poeta é trilhar um caminho em seu pensamento, tateando como poeticamente ele o faz, o poder de palavra e o poder de silêncio de seus versos para fundar o ser. Verificamos, ao analisar seus poemas, como o poeta reflete, seu tempo e seus problemas maiores, afinado com as diversas disciplinas do saber e com as questões centrais de sua época. A partir disso, verifica-se o que entende o poeta por eu, poema, poesia, tempo e silêncio. Estabelecidos estes pontos, torna-se possível perceber como os poemas nos angustiam e nos suspendem no nada, desfazendo-nos e refazendo-nos no pensar poético de Drummond.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3244
Appears in Collections:PPGL - Teses de doutorado

Files in This Item:
File SizeFormat 
tese_4701_.pdf514.68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.