Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3516
Title: O discurso anti-maniqueu de Agostinho de Hipona na construção da identidade cristã
metadata.dc.creator: CORREIA, J. P. P.
Keywords: Agostinho;Santo;Bispo de Hipona;354-430;2;Maniqueísmo;
Issue Date: 9-Sep-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CORREIA, J. P. P., O discurso anti-maniqueu de Agostinho de Hipona na construção da identidade cristã
Abstract: Aurelius Augustinus nasceu em 354. Filho de uma cristã fervorosa, dedicou-se ao estudo da retórica. Em sua juventude, leu Cícero e se encantou com a filosofia, buscando-a na Bíblia. Acabou por aderir ao maniqueísmo, no qual acredita ter encontrado a verdade. Após permanecer como maniqueu durante nove anos, se desiludiu. Com a ajuda dos sermões de Ambrósio e da filosofia neoplatônica, converteu-se ao cristianismo. Como cristão, passou a refutar sua antiga fé, utilizando-se da Bíblia, do neoplatonismo e da tradição católica. Agostinho escreve vários textos anti-maniqueus. Nosso objetivo é, por meio da analise de três desses textos, compreender como Agostinho, cristão, passa a utilizar os conceitos de verdade e virtude de forma a opor cristãos e maniqueus, o que o leva à construção de uma identidade cristã. Essa se opõe à alteridade maniqueísta e Agostinho critica o ascetismo rígido maniqueu. De forma a cumprir nosso objetivo, utilizamos como ferramenta metodológica a análise do discurso.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3516
Appears in Collections:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_5858_dissertação final - Joana Paula.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.