Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3570
Title: Evolução Temporo-espacial da Cobertura Vegetal do Manguezal da Embocadura do Rio São Mateus Empregando Técnicas de Sensoriamento Remoto
metadata.dc.creator: SILVA, E. D. O. E.
Issue Date: 27-Sep-2010
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SILVA, E. D. O. E., Evolução Temporo-espacial da Cobertura Vegetal do Manguezal da Embocadura do Rio São Mateus Empregando Técnicas de Sensoriamento Remoto
Abstract: Com base nos preceitos conceituais da Teoria Geral do Sistema e nos preceitos teórico-metodológicos da Estrutura Hierárquica proposta por Schaeffer-Novelli et al. (2000) e ainda na classificação dos ambientes onde ocorrem manguezais a partir do ponto de vista geomorfológico proposto por Thom (1982), esta pesquisa buscou aplicar diferentes níveis de análise ao ecossistema manguezal da embocadura do rio São Mateus (ES). A aplicação de vários níveis de observação e diferentes escalas espaciais ao estudo do ecossistema manguezal teve como aliados o uso de fotografias aéreas e imagens Landsat. As imagens Landsat dos anos de 1985, 1997 e 2009 foram utilizadas na análise têmporo-espacial da cobertura vegetal do manguezal da embocadura do rio São Mateus. Foi aplicado nestas imagens a técnica de Análise de Componentes Principais (PCA) no sentido de obter um melhor realce da vegetação de mangue. A composição Pc1 / Pc4 / Pc2 em RGB com realce de equalização de histograma dentre as várias composições realizadas foi a que forneceu o melhor resultado. A partir desta composição foi possível fazer a classificação supervisionada utilizando o classificador MAXVER, e a classe mangue pode ser quantificada.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3570
Appears in Collections:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_4210_elizabeth.pdf8.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.