Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3702
Title: A Rotulação no Discurso: uma Estratégia Sociocognitivo-interacional no Fazer Textual
metadata.dc.creator: Saib, Arlene de Araújo
Keywords: Referenciação;Objetos-de-discurso;Rotulação;Enunciação;Referentiation;Discourse objects;Labelling;Enunciation
Issue Date: 22-Feb-2008
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: Essa pesquisa questiona a noção de referencia como representação extensional dos referentes entendidos como categorias do mundo e, apoiando-se numa concepção sociocognitivo-interacional de linguagem, defende a referenciação como atividade discursiva voltada para a criação de objetos-de-discurso ancorados no contexto enunciativo e produzidos no fazer textual. O recorte teórico-metodológico proposto focaliza as estratégias de rotulação (de criação de formas nominais referenciais) as quais criam um dominio conceitual para a interpretação das informações-suporte presentes num texto-fonte, geralmente uma proposição ou uma sequência de proposições com independência enunciativa. A análise fundamenta-se num certo grau de indeterminação da linguagem e na dinâmica da (re)categorização como índice de uma estratégia discursiva em que os rótulos desempenham papel relevante tanto no encadeamento discursivo das unidades informativas dos textos quanto na organização semântico-argumentativa global do discurso. Por essa via de análise, os rótulos constituem paráfrases resumitivas com papel coesivo bem definido na superfície textual. Entretanto, a escolha da construção nominal (tanto do núcleo quanto dos determinantes) depende muito mais da interação entre os sujeitos envolvidos no processo interativo do que na relação de correferência buscada na semântica dos objetos ou dos fatos enunciados. O exame do corpus, constituído de textos opinativos presentes na mídia impressa brasileira e colhidos no período de dezembro de 2005 a dezembro de 2007, apontou para a necessidade de ultrapassar o plano das relações anafóricas e integrar o funcionamento dos rótulos num referencial dêitico-enunciativo de linguagem.
This research Discusses the notion of reference as an extentional representation of the referents seen as world categories and, based on a social-cognitive-interactional conception of the language, it also considers the referentiation as a discursive activity aimed at the creation of speech objects engaged in the enunciative context and produced in the text. The theorical-methodological frame proposed focuses on the strategies of labelling (creation of referential nominal forms) that create a conceptual field for the supporting information present in a source text, usually a proposition or a sequence of propositions which are enunciatively independent. This analysis is based on a certain degree of language indetermination and the dynamics of (re) categorization as an index of sppeech strategy in which labels have an important role in the sequence of the informative units of the text as well as in the global semantic-argumentative organization of speech. From this point of view, labelling constitutes synthetic paraphrases with a cohesive role defined on the textual surface. However, the choice of the nominal construction (of the nucleus, as well as the determinants) depends much more on the interaction between the subjects involved in the process rather than on a relation of co-reference found in the semantics of the objects or the enunciated facts. The exam of the corpus, composed of opinative texts present in the Brazilian printed midia, and selected from December 2005 to December 2007, pointed to the necessity to overcome the level of the anaphoric relations, and integrate the function of labelling in a deitic-enunciative referential of language .
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3702
Appears in Collections:PPGEL - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_3105_Arlene de Araujo Saib.pdf920.63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.