Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3735
Title: a Função de Orientador Argumentativo dos Rotulos em Artigo de Opinião: uma Questão de Entonação de Valores Sociais
metadata.dc.creator: OLIVEIRA, G. F. P.
Keywords: Referenciação;Objeto de discurso;Rotulação;Dialogia;Valo
Issue Date: 31-Mar-2011
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: OLIVEIRA, G. F. P., a Função de Orientador Argumentativo dos Rotulos em Artigo de Opinião: uma Questão de Entonação de Valores Sociais
Abstract: À luz de uma perspectiva sociointeracionista, este trabalho tem como objetivo pesquisar o processo referenciação através dos rótulos (expressões nominais que sumarizam porções de texto), evidenciando a função de orientador argumentativo desempenhada por essas expressões. Assumida a perspectiva teórica, entendemos que o real é fabricado através de nossas práticas sociais e discursivas. Assim, ao contrário de concebermos que a relação entre linguagem e mundo se dá de forma direta e especular, defendemos as versões públicas do mundo (MONDADA e DUBOIS 2003[1995]). A fim de buscar o objetivo proposto, trazemos para o nosso texto a concepção filosófica bakthiniana de valoração (BAKTHIN, 1993[1920-24]), com o intuito de mostrar que, ao construir o objeto de discurso, o sujeito seleciona as formas linguísticas que melhor se adaptem ao seu projeto de dizer. No entanto, essas escolhas não emanam de um sujeito solitário; pelo contrário, são usadas por um sujeito que é singular e social, simultaneamente, que rejeita e assume diversos valores sociais, os quais determinam a forma e o conteúdo de seu enunciado e com os quais convive. Os textos utilizados exemplificar o que é discutido nessa pesquisa são três artigos de opinião publicados no jornal A Gazeta, selecionados no período de agosto a dezembro de 2009. Para a análise dos textos tomamos uma postura dialógica a fim de explicitar que o posicionamento assumido pelo articulista na construção do objeto de discurso é dialógico, pois responde a outros enunciados e entoa uma avaliação que não emana de um sujeito isolado, mas social. Desse modo, acreditamos que a função de orientador argumentativo dos rótulos é mais bem compreendida se levarmos em consideração a corrente dialógica na qual se insere o uso dessas expressões. Palavras-chave: Referenciação; Objeto de discurso; Rotulação; Dialogia; Valoração.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3735
Appears in Collections:PPGEL - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_4949_DISSERTACAO - Gisele de Freitas Dissertação.pdf598.58 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.