Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3793
Title: A realização variável das consoantes oclusivas dentais por descendentes de imigrantes italianos de Santa Teresa, ES
metadata.dc.creator: Avelar, Daillane dos Santos
Keywords: Linguagem e línguas - Variação;Mudanças linguísticas;Contato linguístico;Imigrantes - Espírito Santo (Estado);Sociolinguística;Língua portuguesa - Português falado - Consoantes
Issue Date: 28-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: Esta pesquisa pretende descrever e analisar as consequências do contato linguístico entre as variedades dialetais faladas por imigrantes italianos e o português em Santa Teresa, Espírito Santo. Para realizar tal estudo, foi formado um banco de dados de fala composto por entrevistas sociolinguísticas com moradores da zona urbana de Santa Teresa, todos descendentes de imigrantes italianos, divididos em gênero, idade e escolaridade. Foi investigada a pronúncia das consoantes oclusivas dentais /t/ e /d/ pelos informantes, tendo em vista que, nos dialetos italianos e também no italiano standard, essas consoantes não sofrem o processo de palatização que ocorre no português, o que acarreta a diferença de sua pronúncia pelos imigrantes que aqui chegaram. Após a análise dos dados coletados, a hipótese prevista foi confirmada: a linguagem dos descendentes de italianos da zona urbana de Santa Teresa se distingue pela faixa etária dos informantes, sendo que os mais velhos sofrem a influência desses dialetos, com o uso de [t] e [d] diante de [i]. Com relação aos mais novos, esse traço ainda aparece, mas com menos frequência. Assim, confirmamos a mudança em progresso com relação a essa característica da língua de imigração. Esta pesquisa se justifica, então, pela contribuição que dará aos estudos sobre o contato linguístico no estado, dada a escassez desse tipo de investigação no Espírito Santo.
This research aims to describe and analyze the consequences of linguistic contact between the dialect varieties spoken by Italian immigrants and Portuguese in Santa Teresa, Espírito Santo. To accomplish that study a speech database composed for twenty-four sociolinguistic interviews was made with residents of the urban area of Santa Teresa, all descendants of Italian immigrants, classified by their sex / gender (male and female), age (12-25, 26-50 and over 50) and education (up to 08 years and above 08 years of schooling). It was investigated the pronunciation of dental stop consonants / t / and / d / before / i / by the interviewees, given that this pronunciation is done differently in the languages in question. After analyzing the data collected, it was seen that the language of Italian descendants of the urban area of Santa Teresa is distinguished by three social variables. Regarding the linguistic variables, the tone of the syllable was selected only for the phoneme / t /. This way, pronunciation / t / and / d / influence with the immigration language is more present in informants aged over 50, male and lower educational level. Thus, we confirm the change in progress in relation to this feature of the resulting language contact. This research is justified, then the contribution that gives language contact studies and also the description of the language in Espirito Santo, given the limited research in that location.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3793
Appears in Collections:PPGEL - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_9055_DISSERTAÇÃO FINAL - DAILLANE..pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.