Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3799
Title: Produção de Sentidos na Língua Portuguesa Por Surdos Usuários da Língua Brasileira de Sinais.
metadata.dc.creator: MACHADO, L. L. V.
Keywords: Leitura;Produção de sentidos;Surdos;Ensino de Língua
Issue Date: 27-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: MACHADO, L. L. V., Produção de Sentidos na Língua Portuguesa Por Surdos Usuários da Língua Brasileira de Sinais.
Abstract: Nossa experiência ao conviver com os surdos e suas questões com a Língua Portuguesa faz-nos defrontar com falas como: eu não sei palavras. Quero aprender palavras. Então, nos perguntamos: o que é aprender palavras? Assim, a proposta deste trabalho é uma reflexão sobre a produção de sentidos na leitura empreendida por esses indivíduos, a partir de textos em Língua Portuguesa. O fato de que esses indivíduos são usuários de Língua Brasileira de Sinais (Libras), de modalidade espaço-visual, gera dificuldade nos professores ao terem que lidar com as modalidades dessas línguas no ensino de Língua Portuguesa como L2 para surdos. A fim de oferecer mais estratégias para que haja, nas salas de aula, mais possibilidades de ensino no uso dessas línguas para os indivíduos surdos, é que se cria o desafio de responder à pergunta central desta pesquisa: como ocorre a produção de sentidos na leitura de signos em uma língua de modalidade oral-auditiva como a Língua Portuguesa? Para essa empreitada, temos, como objetivo principal, compreender o processo de produção de sentidos na leitura feita pelos indivíduos surdos (usuários de uma língua visual-espacial) de determinados signos linguísticos encontrados nos textos em Língua Portuguesa (de modalidade oral e auditiva). O referencial teórico está baseado nos conceitos saussureanos trabalhados por Fiorin (2006, 2008, 2010, 2013) e Benveniste (2005, 2006) de linguagem, língua, fala, signo, enunciado, sentido, texto, discurso. A perspectiva da pesquisa situa-se em Linguística Aplicada e a sua ligação com as Ciências Sociais na reflexão sobre o problema da linguagem e seus usos. Por isso, a metodologia empregada é a de Pesquisa-ação Integral e Sistêmica, descrita por Morin (1996) e Barbier (2000), pois conta com a participação e a intervenção absolutas por parte do pesquisador e dos pesquisados. Para a análise dos dados, a proposta é a descrição das aulas com a discussão baseada no referencial teórico das categorias signo, texto e discurso. Assim, a ideia é finalizar com o levantamento de sugestões de algumas estratégias de ensino de língua portuguesa como L2 baseado na perspectiva da Linguística Aplicada, a partir dos resultados apresentados em termos de produção de sentidos. Palavras-chave: Leitura; Produção de sentidos; Surdos; Ensino de Língua Portuguesa como L2; Enunciação.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3799
Appears in Collections:PPGEL - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_9082_Dissertação Leonardo.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.