Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3872
Title: "Desenvolvimento de processos compactos para o tratamento de águas residuárias da indústria de mármore e granito"
metadata.dc.creator: TASAICO, D. E. O.
Issue Date: 31-Jul-2007
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: TASAICO, D. E. O., "Desenvolvimento de processos compactos para o tratamento de águas residuárias da indústria de mármore e granito"
Abstract: A Indústria do Mármore e Granito (IMG), fonte de riqueza e trabalho para o Brasil enfrenta o problema da geração de grande quantidade de resíduos e de um inadequado gerenciamento da água. Os processos de tratamento dos efluentes deste setor enfrentam os elevados custos dos melhores equipamentos e da área requerida para sua implantação. Buscando dar uma solução alternativa que seja mais simples e barata, esta pesquisa analisou o desempenho da decantação lamelar de fluxo ascendente e a utilização das bolsas filtrantes. É um primeiro passo no intuito de tratar as águas residuárias da IMG com eficiência e simplicidade. Testou-se um decantador lamelar de fluxo ascendente de 0,25 m2 de seção com efluente proveniente do polimento de chapas de granito para taxas de aplicação em torno de 80, 150 e 200 m3/m2.dia, obtendo as melhores eficiências de remoção de sólidos sedimentáveis, perto de 90%, para a menor taxa. As bolsas filtrantes, fabricadas de polipropileno de alta resistência, foram testadas com efluentes do polimento e misturas de efluentes da serragem e polimento, em duas proporções. As eficiências de remoção de sólidos suspensos resultaram ao redor de 98%. A umidade dos sólidos capturados pela bolsa atingiu 34,1% no caso do polimento e 43,8% para a mistura (60% polimento . 40% serragem), em sete dias. Estes resultados mostram que os processos podem ser aplicados aos referidos efluentes obtendo água tratada apta para reuso nos mesmos processos produtivos da IMG e que os sólidos retidos dentro das bolsas filtrantes atingem rapidamente valores de umidade que possibilita seu descarte em aterros. Além disso, pode se pensar na mesma bolsa filtrante como destinação final dos sólidos. Ou mesmo, o lugar de estocagem temporário até o reaproveitamento do resíduo em outros processos produtivos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3872
Appears in Collections:PPGEA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_2631_Dissertação Tasaico.pdf3.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.