Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3912
Title: Modelagem estocástica de séries mensais apresentando dependência de longo termo para dimensionamento de Reservatórios de Regularização
metadata.dc.creator: COSER, M. C.
Keywords: 1;Modelagem de dados;2;Modelos matemáticos
Issue Date: 1-Apr-2011
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: COSER, M. C., Modelagem estocástica de séries mensais apresentando dependência de longo termo para dimensionamento de Reservatórios de Regularização
Abstract: Análise de séries hidrológicas fluviométricas é fundamental no dimensionamento de reservatórios de regularização de vazões. Este estudo trata da modelagem estocástica de séries de vazões mensais apresentando longa dependência, pesquisando alternativas de redução de números de parâmetros para modelos, procurando, contudo, evitar perdas na preservação de características relacionadas com dependência de longo termo existentes nas séries históricas. Foram reduzidos os números de parâmetros de modelos PARMA multiplicativos completos, através da subtração de parâmetros relativos a semestres predominantemente de secas ou de cheias, e verificado o comportamento destes modelos derivados, quanto à preservação de parâmetros estatísticos de séries históricas e à reprodução de volumes. Neste sentido, estes modelos foram ajustados a 138 séries históricas de vazões mensais apresentando longa dependência, sendo comparados, quanto à parcimônia e à preservação de parâmetros estatísticos e de volumes de reservatórios com modelos periódicos PARMA tradicionais e multiplicativos completos. Comparações foram feitas a partir do cálculo de erros percentuais médios de reprodução de médias, desvios padrão, autocorrelações Lag1 e Lag12 mensais e autocorrelações anuais Lag1, coeficientes de Hurst e volumes úteis de reservatórios estimados a partir de séries históricas. Concluiu-se que os modelos com subtração de parâmetros, desenvolvidos no presente estudo, representam alternativas para preservação de características de longa dependência e de volume de reservatórios, relativos a séries históricas, quando existir a preocupação com o princípio da parcimônia. Concluiu-se, ainda, que os testes de Portmanteau e os critérios de informações, utilizados tradicionalmente na seleção de modelos, privilegiam aqueles apresentando menores números de parâmetros, mesmo quando apresentam desempenhos muito inferiores do que os propostos, quanto à preservação de características estatísticas relacionadas com longa dependência e à reprodução de volumes de reservatório. A geração de múltiplas séries sintéticas permitiu que a análise relativa ao dimensionamento de reservatórios de regularização considerasse aspectos relacionados com riscos de necessidade de maiores volumes, pela consideração de diferentes sequências de vazões mensais.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3912
Appears in Collections:PPGEA - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_4957_.pdf2.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.