Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3926
Title: Modelo de Otimização para o Planejamento da Rede de Serviços no Transporte Ferroviário de Cargas
metadata.dc.creator: CAMPOS, L. B.
Issue Date: 4-Sep-2009
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CAMPOS, L. B., Modelo de Otimização para o Planejamento da Rede de Serviços no Transporte Ferroviário de Cargas
Abstract: O transporte ferroviário é reconhecido por exigir altos investimentos em infraestrutura e material rodante, mas por outro lado apresenta bom desempenho energético em relação a outros modos de transporte. Apesar do bom desempenho energético, o gasto com combustível tem participação significativa nos custos variáveis. Isto tem motivado as ferrovias a investir em tecnologias e práticas operacionais que contribuam para reduzir o consumo de combustível. Focando-se os recursos material rodante e combustível, foi desenvolvido um modelo de otimização para apoio ao planejamento tático do transporte ferroviário de cargas, com visão integrada das operações em vias de circulação e pátios. O desenvolvimento do modelo foi guiado para aplicação a uma conhecida ferrovia brasileira, onde foi avaliado o transporte de minério de ferro feito simultaneamente por trens com diferentes opções preestabelecidas de configuração a partir de onze pontos de origem até um terminal exportador. Três pátios intermediários podem ser usados para combinar as composições ferroviárias entre si. O modelo facilita a tomada de decisão envolvendo a definição dos trens (serviços) a operar, sua frequência, e a sequência das operações e serviços a serem praticados desde a origem das cargas até o destino. Trata-se de um problema de planejamento denominado planejamento da rede de serviços (ou service network design). É possível, por exemplo, escolher entre operar trens longos ou curtos (com mudanças na frequência), e ainda optar entre trens diretos da origem ao destino ou trens que sofrem consolidações ao longo do trajeto. Os congestionamentos a que estão sujeitos pátios ferroviários e vias de circulação foram modelados e a formulação resultou em um problema de programação não linear inteira, cuja solução foi obtida por um aplicativo computacional que usa o método branch-and-bound. As soluções encontradas consideram a compensação entre operações que acarretem aumento dos custos em pátios ou, alternativamente, nas vias de circulação. Os resultados são discutidos e variam conforme a abordagem adotada para a função objetivo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3926
Appears in Collections:PPGEC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_3634_.pdf968.91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.