Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4100
Title: Uma Arquitetura de Controle para um Robo Quadrupede com Comportamento Reflexivo de Estabilidade
metadata.dc.creator: Lima, L. E. M. de
Keywords: 1;Robótica;2;Controle automático;3;Lógica difusa;4;Pr
Issue Date: 7-Dec-2007
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: Lima, L. E. M. de, Uma Arquitetura de Controle para um Robo Quadrupede com Comportamento Reflexivo de Estabilidade
Abstract: Esta tese apresenta uma arquitetura de controle para um robô quadrúpede com 16 graus de liberdade (4 por perna), o Guará*. A proposta de desenvolvimento desta arquitetura visa estabelecer uma plataforma de estudo de problemas inerentes a robôs móveis quadrúpedes, tais como a geração de andaduras, o controle de movimentos complexos, a transposição de obstáculos e a implementação de reflexos de estabilidade. O desafio aqui enfrentado é dotar o robô de autonomia suficiente para processar, a bordo do mesmo, o controle da locomoção e estratégias de transposição de obstáculos, através do uso de uma arquitetura que permita uma interação eficaz do robô com o ambiente em que ele navega, com custo computacional reduzido. A arquitetura de controle proposta inclui o uso de comportamento reflexivo de estabilidade. A estrutura hierárquica desta arquitetura concentra o processamento da modelagem cinemática do robô e a tomada de decisão para definição dos movimentos a serem realizados (em uma locomoção livre ou com a presença de obstáculos) no nível mais alto de controle que é o supervisor, sendo utilizada uma rede de comunicação CAN (Controller Area Network) para a distribuição das informações a serem processadas nos níveis inferiores de controle (níveis coordenador e atuador). Para permitir a interação reativa do robô com o ambiente de navegação, objetivando a estabilidade de equilíbrio, o controle do Guará faz uso de um acelerômetro de dois eixos que fornece informações para controladores nebulosos processados do nível coordenador de controle. Esta configuração define reações contra inclinações indesejáveis da plataforma do Guará (mergulho e rolagem) geradas no decorrer da locomoção. O uso do controle hierárquico contribui para a robustez da arquitetura de controle, estabelecendo no nível mais alto de controle (nível supervisor) a flexibilidade para assumir tarefas distintas e complexas (modelagem cinemática e dinâmica, mapeamento do ambiente, dentre outras), enquanto nos níveis inferiores da hierarquia de controle concentram-se as tarefas que exigem respostas imediatas a estímulos externos ou estabilização de equilíbrio do robô. ∗ O nome Guará é inspirado na espécie quadrúpede canídea denominada popularmente Lobo Guará.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4100
Appears in Collections:PPGEE - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_2272_TeseDoutoradoLuisEduardoMartinsdeLima.pdf3.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.