Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4382
Title: ESTUDO de Óleos Essenciais Extraidos de Plantas Medicinais, no Controle do Fungo Colletotrichum Gloeosporioides Causador da Doença Antracnose no Mamão.
metadata.dc.creator: WILSON S.FERREIRA
Keywords: Palavras-chave: doenças fúngicas;controle alternativo;plan
Issue Date: 7-Jun-2005
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: WILSON S.FERREIRA, ESTUDO de Óleos Essenciais Extraidos de Plantas Medicinais, no Controle do Fungo Colletotrichum Gloeosporioides Causador da Doença Antracnose no Mamão.
Abstract: RESUMO O Brasil é o maior produtor de mamão do mundo, sendo o Espírito Santo o segundo maior produtor, primeiro em produtividade e maior exportador do país. O cultivo do mamão é de grande importância social e econômica, por gerar empregos, fixando o homem no campo, por viabilizar muitas propriedades economicamente, além de gerar riqueza ao país. As doenças do mamoeiro trazem perdas econômicas, seja com a queda de produtividade ainda nas lavouras, seja na aceitação do produto pelo mercado consumidor. Dentre as principais doenças em pós-colheita destaca-se a antracnose, causada pelo fungo Colletotrichum gloeosporioides. Considerando o problema de resíduos de agrotóxicos nos frutos, torna-se importante à investigação de métodos alternativos de controle, com destaque para aqueles que não causem impactos ambientais e não comprometam a saúde dos consumidores. Estudos têm sido realizados com uso de plantas medicinais na agricultura sustentável ou alternativa. Neste trabalho propôs-se estudar quatro espécies de plantas medicinais: Lippia Alba (erva-cidreira) Cymbopogon citratus (capim-limão) Cymbopogon nardus (capim-citronela) e Aloysia triphylla (Cidrão). Essas plantas foram cultivadas em dois ambientes distintos, um com adubação e demais tratos culturais e outro em que as plantas foram cultivadas naturalmente sem intervenção humana. Extraiu-se, através de destilação por arraste de vapor, os óleos essenciais das folhas destas plantas, em diferentes meses. Através da técnica de cromatografia gasosa identificou-se os principais constituintes químicos. As plantas L. alba, C. citratus e A. triphylla apresentaram o monoterpeno citral como o principal constituinte do seus óleos essenciais, já o C. nardus apresentou como principal constituinte o monoterpeno citronelal. Para a avaliação da atividade fungitóxica os óleos essenciais destas plantas foram realizados testes in vitro de inibição do crescimento micelial e da germinação de conídios de C. gloeosporioides. Todos os óleos essenciais extraídos demonstraram potencial fungitóxico, pois inibiram com eficiência o crescimento micelial e a germinação de conídios do fungo. Dos meses em que foram feitas extrações dos óleos essenciais, destaca-se o mês de junho, por ter sido o mês em que todas as plantas forneceram maiores quantidades de óleos. A adubação e outros tratos culturais não aumentaram a produção de óleos essenciais, quando comparado as plantas cultivadas naturalmente. Dentre as quatro plantas estudadas, a C. nardus, apresentou um maior percentual no rendimento de óleo essencial em todos os meses em que foi coletada, sendo, portanto, indicada a ser cultivada objetivando a extração de compostos terpênicos para o controle da antracnose. Palavras-chave: doenças fúngicas, controle alternativo, plantas medicinais, óleos essenciais, monoterpeno, ambiente de cultivo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4382
Appears in Collections:PPGBV - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_2675_dissertacao_wilson_parte_1.pdf103.98 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.