Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4510
Title: ANÁLISE DE UM SISTEMA DE REABILITAÇÃO PARA MEMBROS SUPERIORES UTILIZANDO AMBIENTE DE REALIDADE VIRTUAL BASEADO EM KINECT E sEMG
metadata.dc.creator: CARDOSO, V. F.
Keywords: AVC;reabilitação;biofeedback;eletromiografia
Issue Date: 29-Feb-2016
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CARDOSO, V. F., ANÁLISE DE UM SISTEMA DE REABILITAÇÃO PARA MEMBROS SUPERIORES UTILIZANDO AMBIENTE DE REALIDADE VIRTUAL BASEADO EM KINECT E sEMG
Abstract: A função motora prejudicada aparece como um dos sintomas mais comuns após o Acidente Vascular Cerebral (AVC). Quando os membros superiores são afetados, a realização de atividades da vida diária fica comprometida. Um desenvolvimento recente no campo da reabilitação são exercícios em ambiente de realidade virtual (RV). Outro método utilizado para a reabilitação dos membros superiores de pacientes pós-AVC é o biofeedback EMG. Através deste biofeedback, os sinais mioelétricos são convertidos em informações visuais e sonoras permitindo ao paciente controlar a atividade muscular. O objetivo deste trabalho é conceber e avaliar uma nova forma de reabilitação por biofeedback usando RV e eletromiografia de superfície (sEMG) para complementar terapia convencional dos membros superiores pacientes pós-AVC. O sistema foi desenvolvido em base nos requisitos levantados na fase de concepção e projeto considerando as limitações funcionais do paciente, habilidades residuais, um ambiente motivador e facilidade de uso. Ele é capaz de fornecer feedback de sEMG, o resultado (através da pontuação no jogo) e o ângulo descrito. Os três jogos desenvolvidos, baseados nos princípios da aprendizagem motora, têm o objetivo de motivar o paciente para realizar movimentos de extensão do cotovelo. Para desenvolver e avaliar o sistema foram realizados experimentos com indivíduos sem comprometimento motor ou neurológico. Analisando o gráfico obtido pelo sinal mioelétrico filtrado e retificado é possível observar uma co-contracção de Bícpes braquial (BB) e Tríceps braquial (TB). Quando analisamos os resultados de feedback, os dados mostram que não foram encontradas diferenças significativas (p = 0,9216) quando se joga com o braço dominante (BD) versus não-dominante (BND). No entanto, uma diferença significativa (p = 0,0003) é observada quando se compara os dois braços (BD / BND) vs BD e BND BD vs BND ( p = 0,0018). Os resultados das avaliações por meio da System Usability Scale (SUS), na etapa 2 (E2) foi ± 81,4; SD ± 3,4 e na etapa 3 para os participantes (E3 / P) ± 82,5; SD ± 14,3 e profissionais de reabilitação (E3 / PR) ± 81,1; DP ± 7,4). Na Goal Attainment Scale (GAS), E2 foi ± 73,3; SD ± 2,7; E3 / P ± 72,2; SD ± 6.1 e E3 / PR ± 73,5; SD ± 2.7. Os resultados mostram uma boa aceitação do sistema por parte dos participantes e que os objetivos esperados durante o uso do sistema foram alcançados.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4510
Appears in Collections:PPGBIO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_9877_Dissertação de Mestrado Vivianne F Cardoso.pdf4.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.