Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4546
Title: Avaliação da Atividade Antifúngica de Extratos Vegetais e Antissépticos Bucais em Candida Albicans.
metadata.dc.creator: BALLIANA, R. C. S.
Keywords: Candida albicans;biofilme;antissépticos bucais;
Issue Date: 10-Aug-2012
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: BALLIANA, R. C. S., Avaliação da Atividade Antifúngica de Extratos Vegetais e Antissépticos Bucais em Candida Albicans.
Abstract: Leveduras são fungos oportunistas responsáveis pela maior parte das infecções fúngicas nos seres humanos e Candida albicans é a espécie mais frequentemente associada a essas infecções. A candidíase oral se destaca pela alta incidência e pelo uso frequente de drogas antifúngicas, o que pode levar à ocorrência de resistência e falência no tratamento da infecção. Há uma constante necessidade de pesquisas sobre novos agentes para a profilaxia e tratamento eficaz da candidíase oral. O principal objetivo deste trabalho foi a avaliação do potencial efeito antifúngico de extratos das plantas Gossypium hirsutum L., Arctium lappa, Equisentum sp., Cecropia pachystachya Trécul. e Pogostemon heyneanus sobre células não aderidas de Candida albicans e a avaliação do efeito dos antissépticos bucais Cepacol® Cool Ice, Listerine® Cool Mint, Periogard® e Plax® Whitening sobre células não aderidas e biofilmes de Candida albicans. As metodologias utilizadas basearam-se na avaliação da susceptibilidade de isolados clínicos de C. albicans através da determinação da inibição de crescimento celular por turbidimetria e por para determinação das Concentrações Inibitórias Mínimas (CIM). Os resultados obtidos nos testes com células não aderidas revelaram-se promissores com extratos de Cecropia pachystachya Trécul., com valores de CIM entre 7,81 e 3,91 µg/mL. Os antissépticos Cepacol® e Periogard® apresentaram os menores valores de CIM, entre 0,20 e 0,10%; Plax® Whitening variou entre 1,56% e 0,39% e Listerine® apresentou valores entre 6,25% e 0,39%. As diferenças estatísticas (Kruskal-Wallis, p< 0,0001) revelaram que os antissépticos Cepacol® Cool Ice e Periogard® apresentaram os melhores resultados. Em relação a inibição de formação de biofilmes, as CIMs encontradas foram similares para os antissépticos testados, variando de 50% a 0,20%, sem diferenças estatísticas entre estes (Kruskal-Wallis, p= 0,6915). Palavras-chave: Candida albicans; biofilme; antissépticos bucais; extratos vegetais; CIM.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4546
Appears in Collections:PPGDI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_5800_.pdf2.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.