Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4570
Title: EXAME MICROSCÓPICO DO CÓRIO PLACENTÁRIO PARA DIAGNÓSTICO RÁPIDO DE INFECÇÃO AMINIÓTICA.
metadata.dc.creator: FRAGA, L. F. R.
Keywords: gestação;neonato;membranas fetais;infecção amniótica;
Issue Date: 30-Aug-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: FRAGA, L. F. R., EXAME MICROSCÓPICO DO CÓRIO PLACENTÁRIO PARA DIAGNÓSTICO RÁPIDO DE INFECÇÃO AMINIÓTICA.
Abstract: A infecção amniótica e a corioamnionite (CAM) são determinantes de infecções materna e perinatal, parturição e nascimento pretermo e morbi-mortalidade pós- natal. Embora métodos clínicos, histopatológicos, microbiológicos, bioquímicos e moleculares possam diagnosticar CAM, nenhum logrou amplo emprego, permanecendo muitos casos clínica e epidemiologicamente ocultos. O presente estudo analisa o exame do cório placentário (EECP) proposto por Blanc (1953) para o diagnóstico de CAM a tempo de orientar o manejo da puérpera e do neonato sob risco. Objetivo. Determinar o valor e a reprodutibilidade do EECP em comparação com a histopatologia convencional (HP). Material e métodos. Dentre as placentas examinadas entre 2008 e 2012, em dois laboratórios de Vitória, ES, um público (HUCAM) e um privado (PAT), foram selecionadas 1626, incluindo: uma amostra de corte transversal (HCT, n: 108) e duas séries consecutivas examinadas por suspeita neonatal de CAM (HIB, n: 193) e por variadas indicações obstétricas (PIV, n: 1325). O EECP foi realizado no puerpério imediato (HIB e HCT) ou como primeira etapa da HP (PIV). Os casos foram categorizados por procedência, idade gestacional, desfecho perinatal, método de exame, estágio e grau da CAM e foram calculados índices de valor diagnóstico e concordância entre os dois métodos (EECP e HP). Resultados. CAM por HP foi observada em 12,8% dos casos (HCT: 31,5% e PIV: 11,3%) dos quais 2,4% com resposta inflamatória fetal; CAM pelo EECP foi observada em 14,2% (HCT: 41,7%, HIB: 31,1% e PIV: 9,1%). O EECP revelou-se exequível e rápido, com sensibilidade 50,0%, especificidade 93,7%, valores preditivos positivo 53,8% e negativo 92,7% e razões de verossimilhança positiva 7,9 e negativa 0,53. Concordância entre EECP e HP foi observada em 88,8%, diagnóstico apenas pelo EECP em 5,7% e apenas pela HP em 5,5% (kappa: 0,45). Conclusão. O EECP pode ser empregado para o diagnóstico rápido de CAM. Trata- se de método exequível, que tem bons índices de valor diagnóstico e pode ser útil para orientar a conduta no puerpério e período neonatal imediatos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4570
Appears in Collections:PPGDI - Dissertações de mestrado



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.