Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4649
Title: Degradação de Compostos Aromáticos Presente em Água Produzida Através de Sistema Fenton Heterogêneo Utilizando Óxidos de Ferro Natural e Sintético
metadata.dc.creator: PEREIRA, J. R. P.
Issue Date: 3-Jul-2009
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: PEREIRA, J. R. P., Degradação de Compostos Aromáticos Presente em Água Produzida Através de Sistema Fenton Heterogêneo Utilizando Óxidos de Ferro Natural e Sintético
Abstract: A água produzida (AP) é um efluente da indústria petrolífera que se destaca por ser o sub-produto gerado em maior quantidade e pelo seu grande potencial tóxico. Os riscos ambientais associados à AP podem variar em função da sua composição, e antes de ser descartada ou reutilizada terá de passar por tratamentos eficazes de modo a se enquadrar na legislação vigente, tendo em vista o destino que lhe será dado. Este trabalho teve como objetivo propor um tratamento na AP do campo de Jubarte-ES visando a redução dos compostos aromáticos através de um sistema foto-Fenton e Fenton heterogêneo utilizando magnetitas sintética dopada com titânio e um solo argiloso, rico em ferro, coletado na Região da Grande Vitória-ES em substituição ao ferro solúvel, com o objetivo principal de minimizar a geração de lodo. As magnetitas com diferentes graus de substituição isomórfica pelo titânio foram caracterizadas por análises químicas (Fe2+, Fe3+, Ti4+), Difração de Raios-X e Espectroscopia Mossbauer, enquanto que o solo foi caracterizado por análise química, análise granulométrica, Difração de Raios-X e Espectroscopia Mossbauer. A AP foi caracterizada por: pH, condutividade, salinidade, turbidez, fenóis totais e compostos aromáticos por espectrofotometria de varredura em ultravioleta (UV). Os resultados mostraram que o aumento de Ti4+ na estrutura da magnetita aumenta a atividade catalítica do material. Testes preliminares mostraram que a presença de sal inibe a reação de Fenton e foto-Fenton. O processo mostrou-se bastante eficaz, obtendo-se remoções significativas de 92,5 % para o fenol utilizando reação foto-Fenton com a titanomagnetita de maior grau de dopagem com titânio e 78% utilizando reação foto-Fenton com o solo argiloso, após 60 minutos de reação. A intensidade dos espectros UV da AP diminuíram consideravelmente, indicando qualitativamente a redução dos compostos aromáticos através da reação Fenton heterogêneo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4649
Appears in Collections:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_3740_Julia Raquel Peterle Pereira.pdf3.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.