Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4652
Title: Síntese, Caracterização e Estudos Termoanalíticos dos Cloroacetatos de Lantanídeos (III) com a 2-Piperidinona
metadata.dc.creator: MOTTA, M. V. L.
Keywords: lantanídeos(III)
Issue Date: 23-Feb-2010
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: MOTTA, M. V. L., Síntese, Caracterização e Estudos Termoanalíticos dos Cloroacetatos de Lantanídeos (III) com a 2-Piperidinona
Abstract: Neste trabalho foi realizado a síntese, caracterização e estudos termoanalíticos dos compostos de adição dos cloroacetatos de lantanídeos (III) com a 2-piperidinona. Os complexos obtidos foram analisados por titulação complexométrica com EDTA e análise elementar de carbono, hidrogênio e nitrogênio e foram caracterizados por condutividade eletrolítica molar, espectroscopia de absorção na região do infravermelho, espectroscopia de absorção na região do visível para o complexo de neodímio em solução de dimetilformamida e estudos de análise térmica: Análise Termogravimétrica (TG e DTG) e Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC). Os compostos são sólidos, ligeiramente higroscópicos, solúveis em água e dimetilformamida (DMF). Os valores de condutância eletrolítica molar, medidas à 25ºC e em solução de DMF, indicaram comportamento não-eletrólitos, em solução de dimetilformamida. Nos espectros de absorção na região do infravermelho dos compostos de adição analisados, a frequência de estiramento do ligante (νCO) e a frequência de estiramento assimétrica do carboxilato (νassCOO) se deslocaram para frequências de menores energias, indicando que a coordenação do ligante ocorreu através do oxigênio do grupo carbonila. No espectro de absorção na região do visível, para o complexo de neodímio, foi determinada a força do oscilador (P), a qual indicou uma pouca influência do solvente nas transições hipersensitivas 4I9/2→ 2G7/2, 2G5/2 e na região da transição 4I9/2→ 2P1/2 do íon Nd3+. Os valores obtidos a partir das curvas termogravimétricas (TG/DTG) informaram que os complexos quando aquecidos, sofrem fusão sem decomposição, exceto para o complexo de neodímio, que apresenta decomposição durante a sua fusão. As curvas DSC, apresentaram picos com características endotérmicas e exotérmicas, ligadas respectivamente à fusão e decomposição dos complexos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4652
Appears in Collections:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_4455_.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.