Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4719
Title: Desenvolvimento de Metodologia para Determinação de Co, Cr, Fe, Mn, Ni, Se e v em Amostras de Água Produzida da Indústria do Petróleo Através da Técnica Icp Oes Utilizando Digestão Por Micro-ondas.
metadata.dc.creator: PENHA, T. R.
Keywords: Elementos traço;Água produzida;Digestão ácida;Micro-ondas
Issue Date: 30-Oct-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: PENHA, T. R., Desenvolvimento de Metodologia para Determinação de Co, Cr, Fe, Mn, Ni, Se e v em Amostras de Água Produzida da Indústria do Petróleo Através da Técnica Icp Oes Utilizando Digestão Por Micro-ondas.
Abstract: O descarte ou reutilização da água produzida da indústria do petróleo é difícil por causa dos impactos ambientais causados devido à presença de alta salinidade e componentes tóxicos, ou pelo risco de obstrução nas colunas de produção devido à formação de incrustações que causam redução na produção de petróleo e enormes perdas no processo de extração. Assim, o conhecimento da composição química da água produzida é muito importante. O método proposto por este trabalho visa a determinação de elementos traço (Co, Cr, Fe, Mn, Ni, Se e V) em amostras de água produzida de petróleo por espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado (ICP OES) utilizando a digestão ácida assistida por micro-ondas para o preparo das amostras (15 g de amostra e 2 mL de HNO3 concentrado). A curva analítica construída em HNO3 2% v v-1 foi adotada para o método após verificar que não é necessário o uso de salinidade para equiparação de matriz. Para o elemento Ni, não há necessidade do uso de padrão interno, para os elementos Co, Cr, Fe, Mn e V os melhores resultados foram obtidos usando Sc como padrão interno. Para o elemento Se é recomendado o uso de Y como padrão interno. Os limites de detecção obtidos foram Co 0,67, Cr 1,2, Fe 2,3, Mn 0,49, Ni 1,9, Se 3,7 e V 5,5 µg L-1; e os limites de quantificação foram Co 2,2, Cr 4,0, Fe 7,7, Mn 1,6, Ni 6,5, Se 12,4 e V 18,3 µg L-1. A exatidão do procedimento foi verificada através de testes de recuperação em dois níveis de concentração (40 e 80 µg L-1) e análise dos materiais certificados de referência de água estuarina SLEW-2 e de água do mar NASS-5. Bons valores de recuperação foram obtidos e não houve diferença significativa (95% de confiança) entre os resultados obtidos e os valores certificados dos materiais de referência.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4719
Appears in Collections:PPGQUI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8264_Taiane Rodrigues Penha.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.