Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4760
Title: O Efeito Magnetocalórico nos Compostos [(La,TR)FeSi]13, onde TR=Y ou Gd.
metadata.dc.creator: DEMUNER, A. S.
Issue Date: 30-May-2008
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: DEMUNER, A. S., O Efeito Magnetocalórico nos Compostos [(La,TR)FeSi]13, onde TR=Y ou Gd.
Abstract: Neste trabalho, verificou-se experimentalmente o Efeito Magnetocalórico (EMC) (por quantificação da variação de entropia magnética (ΔSM)) nos compostos La(1-x)(TR)x[Fe0,88Si0,12]13, com 0,05 ≤ x ≤ 0,20, substituindo-se parcialmente os átomos de La por átomos de Y ou Gd (TR). As amostras obtidas foram caracterizadas por difração de raios-X (DRX), espectroscopia Mössbauer e medidas de magnetização em função da temperatura e do campo magnético. Estas últimas permitiram o cálculo do EMC, que foi avaliado em função da concentração x de Y ou Gd. Os resultados de DRX e de espectroscopia Mössbauer indicaram que as amostras se estabilizam na estrutura do tipo NaZn13, porém, acompanhadas pela formação de outras fases ricas em Fe (α-(Fe,Si) e LaFeSi). As medidas de magnetização em função da temperatura realizadas em campos baixos (0,05T) mostraram que, em todo o intervalo composicional estudado (0,05 ≤ x ≤ 0,20), os compostos (La,TR)[Fe0,88Si0,12]13 (TR= Y ou Gd) apresentam uma transição magnética (Ferromagnético → Paramagnético) a uma temperatura, TC, abaixo da temperatura ambiente. Por outro lado, observou-se nas medidas de magnetização em função do campo magnético aplicado, que para certas concentrações de Y ou Gd (x= 0,05 (Y); x= 0,05 e 0,20 (Gd)), as curvas passam a apresentar um comportamento característico de uma transição metamagnética induzida por campo. Na série do composto La(1-x)Yx[Fe0,88Si0,12]13, o valor máximo da ΔSM encontrado, para um campo de 5T, foi de -20,2 J/kg.K a uma faixa de temperatura T= 18,3 K, referente à amostra com x=0,05. Com relação à série do composto La(1-x)Gdx[Fe0,88Si0,12]13, o valor encontrado foi de ΔSM= -21,0 J/kg.K a uma faixa de temperatura T= 19,1 K, referente à amostra com x=0,20. Esses resultados (ΔSM) são atribuídos à transição metamagnética induzida pelo campo, conforme observado nos gráficos de Arrot (M2 em função de H/M).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4760
Appears in Collections:PPGFIS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_2948_.pdf4.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.