Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4890
Title: Perfil cromatográfico do óleo essencial e diversidade quimiotípica de Psidium guajava L.
metadata.dc.creator: SOUZA, T. S.
Keywords: variabilidade quimiotípica;melhoramento vegetal
Issue Date: 2-Apr-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SOUZA, T. S., Perfil cromatográfico do óleo essencial e diversidade quimiotípica de Psidium guajava L.
Abstract: Óleos essenciais de folhas de 22 genótipos de Psidium guajava provenientes de plantios experimentais em diferentes ambientes localizados no Espírito Santo Brasil foram extraídos por hidrodestilação e caracterizados por análise de CG-DIC-EM. O rendimento médio de extração foi de 0,4% (m/m). No total, 33 compostos foram identificados representando 87,5-99,0% da composição total, com predominância de sesquiterpenos em todas as amostras. Dezesseis compostos voláteis foram identificados como majoritários, dos quais os mais significativos foram: (E)-trans-Caryophyllene, alpha-Humulene, trans-Nerolidol, beta-Bisabolene, Hinesol e beta-Bisabolol. Nos genótipos comerciais (PAL, P.S, SEC, ROX e PET) predominaram os compostos (E)-trans-Caryophyllene, alpha-Selinene, Caryophyllene oxide, Hinesol, 14-hydroxy-9-epi-(E)-Caryophyllene e nos genótipos Cortibel (C1-C17) Limonene, (E)-trans-Caryophyllene, alpha-Humulene, beta-Bisabolene, trans-Nerolidol, beta-Bisabolol, alpha-Bisabolol. Variações no perfil cromatográfico do óleo essencial entre os ambientes, foram mais expressivos nos genótipos C7, C13 e C17 e menos nos genótipos C1, C5, C16 e PET. Os genótipos C10, C13 e SEC mostraram altos níveis de (E)-trans-Cariofileno, C3 e C6 de alfa-Humuleno, C2, C8, C12, C15 e C16 de beta-Bisabolol, compostos que tiveram pouca influência ambiental e apresentaram atividade biológica comprovada, tornando viável a utilização destes genótipos como potencial fonte deste compostos e em programas de melhoramento, nos processos de seleção e de cruzamento. Além disso, o (E)-trans-Cariofileno aparece como um marcador químico potencial para a identificação da espécie, está presente de forma majoritária nos 22 genótipos estudados. Por análise de fatores foram definidos três quimiotipos a partir da composição química do óleo essencial: quimiotipo 1 (Comercial - PAL, SEC, PS, PET, C7, C11 e C17M) caracterizados por altos níveis de beta-Selineno, alfa- Selineno, Hinesol, 14-hidroxi-epi-(E)-Cariofileno, sendo o beta-Selineno e alfa-Selineno seus marcadores químicos; Quimiotipo 2 (C10 e C13) apresentaram níveis elevados de Elemol, trans-Nerolidol, trans-β-Eudesmol e (2Z, 6Z)-Farnesol, indicados como os seus marcadores químicos; Quimiotipo 3 (Cortibel - C1, C2, C3, C4, C5, C6, C8, C9, C12, C14, C15, C16, C17L) caracteriza-se por níveis elevados de alfa-Cedreno, cis-alfa-Bergamotene, alfa-Humuleno, Humuleno epóxido, epi-alfa-Cadinol, beta-Bisabolol, alfa-Bisabolol, com beta-Bisabolol e alfa-Bisabolol indicados como os seus marcadores químicos. Palavras-chave: variabilidade quimiotípica, melhoramento vegetal, compostos bioativos, marcadores químicos, quimiotipos, análise de fatores.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4890
Appears in Collections:PPGPV - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7182_Tercio da Silva de Souza.pdf2.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.