Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4896
Title: Métodos de Manejo para Insetos Vetores de Viroses e Broqueadores de Tomate (lycopersicon Esculentum Miller)
metadata.dc.creator: GRECCO, E. D.
Keywords: Insetos vetores de viroses;Broqueadores de tomate;
Issue Date: 18-Mar-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: GRECCO, E. D., Métodos de Manejo para Insetos Vetores de Viroses e Broqueadores de Tomate (lycopersicon Esculentum Miller)
Abstract: O tomateiro, Lycopersicon esculentum é uma solanácea com benefícios socioeconômicos, porém a implantação de sua cultura é considerada de alto risco, devido à ocorrência de importantes pragas, como insetos vetores de viroses e broqueadores de frutos. Portanto, o objetivo deste estudo foi testar a eficiência do uso de armadilhas de cor amarela para captura e melhor densidade de armadilha/plantas para insetos vetores de viroses; testar a associação de diferentes métodos para broqueadores de frutos, tais como o uso de T. pretiosum; bactéria entomopatogênica (Agree); ensacamento de pencas e Manejo Fitossanitário de Pragas, avaliando a infestação de ovos/lagartas de N. elegantalis e de H. zea, bem como de frutos brocados. O monitoramento foi realizado 2 vezes/semana em 1% da cultura e pulverizações com inseticidas químicos ou biológicos realizadas quando atingisse o nível de controle. Os dados foram submetidos ao teste de normalidade Shapiro-Wilk (P≤0,05) e posteriormente submetidos à comparação pelo teste não paramétrico Mann-Whitney (P≤0,05). O uso de armadilhas de cor amarela para insetos vetores de viroses possibilitou uma redução de 90% do custo de aplicação para as safras 2011 e 2012. A melhor densidade foi de 1 armadilha de cor amarela/60 plantas. Para o manejo dos broqueadores o uso de associações reduziu as infestações, pulverizações e número de frutos brocados que podem estar associadas ao correto manejo do tomateiro que com o emprego dessas técnicas propiciou uma redução de inseticidas químicos. Todas as táticas de associações mostraram ter uma maior eficiência, no manejo dos broqueadores de tomate, quando comparados com o convencional. O monitoramento é a peça fundamental no Manejo Fitossanitário de Pragas, pois através dele se conhece o nível populacional das pragas, além de informar se as táticas de manejo estão sendo efetivas ou não. Palavras-chave: Insetos vetores de viroses. Broqueadores de tomate. Lycopersicon esculentum. Métodos alternativos
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4896
Appears in Collections:PPGPV - Teses de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7551_Eduardo Domingos Grecco.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.