Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5015
Title: QUALIDADE DA MADEIRA DE CLONES DE Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla CULTIVADOS EM CINCO REGIÕES DO ESTADO DE MINAS GERAIS PARA PRODUÇÃO DE CELULOSE
metadata.dc.creator: BARBOSA, T. L.
Keywords: 1;Eucalipto Cultivo - Minas Gerais;2;Madeira - Qualidad
Issue Date: 31-Jul-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: BARBOSA, T. L., QUALIDADE DA MADEIRA DE CLONES DE Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla CULTIVADOS EM CINCO REGIÕES DO ESTADO DE MINAS GERAIS PARA PRODUÇÃO DE CELULOSE
Abstract: BARBOSA,Thiago Leite. Qualidade da madeira de clones de Eucalyptus grandisx Eucalyptus urophylla cultivados em cincoregiõesdo estado de Minas Gerais para produção de celulose. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) Universidade Federal do Espírito Santo, Jerônimo Monteiro - ES. Orientador: Prof. Dr. José Tarcísio da Silva Oliveira. Coorientadora: Prof.ª Dr.a Graziela Baptista Vidaurre. O presente trabalho teve como objetivoavaliar o efeito do local de crescimento na qualidade da madeira de dois clones híbridos de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, com seis anos de idades, plantados em cinco regiões do estado de Minas Gerais. Os clones estudados foram provenientes de plantios clonais da Empresa Cenibra, localizados nos municípios de Belo Oriente, Ferros, Santa Bárbara, Itabira e Peçanha. Para cada clone foram selecionadas cinco árvores. Do tronco das árvores foram retirados discosem cinco posições equidistantes da altura do fuste e na altura do DAP,paramensurar os teores de casca, cerne e alburno, e determinar os volumes de madeira e de casca. Em condições de laboratório, das amostras de madeira retiradas no DAP,foram realizadas as análisesdos parâmetros anatômicos, físicos e químicos. Os resultados indicaram que para os dois clones, os diferentes locais de crescimento influenciaram nos parâmetros dendrométricos. Para os dois clones, a variação da densidade básica da madeira no sentido longitudinal do tronco possuiu diferentes padrões em função das distintas regiões. O comportamento da densidade básica da madeira no sentido radial foi semelhante para os métodos de imersão e de densitometria de raios X, sendo crescente da medula para a casca. O clone B obteve melhores índices de uniformidade da densidade aparente da madeira no sentido radial, quando comparado ao clone A, sendo observado que este índice teve uma melhor relação com as variáveis de precipitação e déficit hídrico. Para o clone B,a regiãocom maior média de precipitação refletiu em menores frequências de vasos, entretanto estes obtiverammaiores diâmetros, além da presença de fibras mais largas, com maiores diâmetros de lume e paredes mais espessas. O comprimento da fibra da madeira do clone Afoi mais sensível às condições de precipitação e déficit hídrico. Na análise química, os teores de extrativos, lignina e holocelulose diferiram de forma significativa para os distintos locais onde os dois clones foram plantados, permitindo observar que para região com maior precipitação foram encontrados maiores teores de extrativos e lignina. Palavras-chave: local de crescimento, híbridos de eucalipto, propriedades da madeira, qualidade da madeira.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5015
Appears in Collections:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_6634_Dissertação Thiago Leite.pdf13.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.